Ministro da Defesa é condecorado com Título em Macapá (AP)

Coluna Luís Celso Borges - "Navegando no Social" - Quinta-feira

O Ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, foi agraciado com o “Título de Cidadão Amapaense” na manhã da sexta-feira (03). A solenidade ocorreu na Assembleia Legislativa do Estado do Amapá (Alap), em Macapá.

O ministro foi recebido pela primeira vice-presidente da Assembleia, deputada Telma Gurgel (Podemos), pelo governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, Rommel Araújo, pela Procuradora-Geral de Justiça do Ministério Público do Amapá, Ivana Cei, pelo primeiro vice-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Amiraldo Favacho, pelo comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, João Gobert, pelo Capitão da Aeronáutica, Vladimir Favacho e pela comandante da Polícia Militar do Amapá, coronel Heliana Braga.

O Ministro Paulo Sérgio agradeceu a cada um dos membros da Casa Legislativa. “O Título de Cidadão Amapaense enche de orgulho o peito de um velho soldado, que dedicou muito de seu tempo de serviço ativo à região amazônica”, disse.

Conforme Resolução Nº 0124/ 2013, a Alap concede o Título de Cidadão Amapaense a personalidade não natural do Estado do Amapá, que, pela relevância dos serviços prestados e pelo incontestável benefício social, contribuíram para o desenvolvimento do estado.

Prestigiaram a solenidade parlamentares da Alap; o Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, General de Exército Laerte de Souza Santos; o Chefe de Operações Conjuntas do MD, General de Exército Eduardo Antonio Fernandes; o Comandante Militar do Norte, General de Exército João Chalella Junior; o Chefe de Logística e Mobilização do MD, Almirante de Esquadra André Luiz Silva Lima de Santana Mendes; e o Comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva, General de Brigada João Roberto Albim Gobert; entre outras autoridades civis e militares. (Fotos: Gerson Barbosa).

HOMENAGEM

No último dia 2 de junho o Coronel Vieira esteve em Manaus. No Centro de Instrução de Guerra na Selva do Exército Brasileiro – (CIGS) participando da programação da Semana do Guerreiro de Selva  2022 comemorativa à passagem do Dia do Guerreiro de Selva. Após 52 anos de sua passagem no Estágio realizado no COSAC, agora CIGS, recebeu o Facão de Combatente de Selva “Ajuricaba” em reconhecimento às contribuições difusoras e apoio às OM de Combatentes de Selva na Amazônia.

Estiveram presentes verdadeiras lendas e ícones do EB na Amazônia. Entres eles, o nosso Vice-Presidente Gen Ex Veterano  Mourão; o Gen Ex Novaes Cmt do CML – o guerreiro de selva mais antigo em atividade; Gen Ex Veterano Pedroso – decano entre os guerreiros de selva, antigo Ministro do STM, Cmt do CMA, Cmt e Instrutor do CIGS; Gen Ex Veterano Santa Rosa antigo Ministro da Sec. Assuntos Estratégicos e Instrutor do CIGS; Gen Div Veterano Jeanot Jansen antigo Cmt da 8° RM, Sec. Segurança Pública e Defesa Social do Pará; Gen Div Pinto Homem antigo Cmt da 12° RM e Instrutor do CIGS, Cel Veterano Palaia antigo Cmt do CIGS; Cel Veterano Brinner antigo Cmt e Instrutor do CIGS e Cel Lustosa atual Cmt do CIGS. O Ministro da Defesa foi o Padrinho do Coronel Vieira, indicando-o para o recebimento da Honraria. A AORE esteve muito bem representada pelo senhor e pelo Coronel Dourado.

Parabéns Comandante, muita SELVA!

VISITA

No dia 27 de Maio. O CLC e Colunista “Convés Principal Ricardo Monteiro esteve em visita empresa “Pará River Pilot”, a convite do seu Diretor-Presidente, Sr. Marcelo Salgado.
Na oportunidade foram apresentadas as instalações, meios e equipamentos dessa Praticagem, que também atua no monitoramento do tráfego de navios em rotas nacionais e internacionais.

Guilherme Teixeira (Encarregado da Segurança do Trabalho e Batimetria), Ocivaldo (Plantonista), Ricardo Monteiro (CLC) e o Marcelo Salgado (Prático).

NEWS

Forças Armadas e órgãos de segurança pública apreendem 202 mil toneladas de minério, 308 quilos de cocaína e 600 pílulas de ecstasy. Operação Ágata Norte intensifica ações de combate a crimes transfronteiriços e ambientais no Pará, Amapá e Maranhão. Mais informações no site: www.luiscelsonews.com.br

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) participou da Operação Ágata Arco Sul Sudeste 2022, realizada nos estados do Paraná e de Santa Catarina. Durante a ação conjunta, foram apreendidos mais de 17 mil quilos de produtos agropecuários irregulares e clandestinos. O balanço total das apreensões resultou em cerca de R$ 2,4 milhões de prejuízo aos infratores, valor estimado dos produtos recolhidos, além de três autos de infrações emitidos e duas prisões por crime contra a ordem tributária, econômica e as relações de consumo.

O Navio-Patrulha “Gravataí” resgatou na segunda (6), em boas condições de saúde, o tripulante da embarcação pesqueira “Arthur”, que estava à deriva nas proximidades de Jardim de Alah, em Salvador (BA).

DNIT – Autarquia trabalha na manutenção da BR-135/MA, nas cidades de Bacabeira e São Luís. As equipes executam os serviços de tapa-buraco, fresagem, correção de defeitos e limpeza de drenagem, garantindo mais segurança a todos os usuários da rodovia.

Em menos de 16 horas foi liberado o tráfego de veículos no km 132 da BR-116/RS, em São Marcos. A rodovia estava interditada devido ao deslizamento de barreira e rochas, ocorrido na terça-feira (7), em função das chuvas que atingem a região.

O governo federal publicou na quarta-feira (8) no Diário Oficial da União decreto que retira da base de cálculo do imposto de importação a chamada taxa de capatazia. Segundo o governo, a retirada da capatazia do valor aduaneiro vai promover “uma abertura comercial transversal da economia”, diminuindo custos com a importação.

O decreto publicado nesta quarta-feira altera outro dispositivo, de 2009, que regulamenta a administração das atividades aduaneiras, a fiscalização, o controle e a tributação das operações de comércio exterior relacionadas à descarga e ao manuseio, associados ao transporte da mercadoria importada. Mais informações no site: www.luiscelsonews.com.br

Começou a valer neste mês o programa de liquidação de crédito rural para a agricultura familiar. Estão previstos descontos de até 95% para pagamento da dívida à vista. A negociação está disponível para adesão no portal Regularize até 30 de dezembro de 2022.

De acordo com essa lei, para ser enquadrado como agricultor familiar, é necessário que a propriedade tenha até quatro módulos fiscais, utilizar mão de obra predominantemente da própria família e que parte da renda familiar seja retirada do estabelecimento rural.

Previsão do tempo alerta para o risco de chuvas e temporais em quase todas as regiões do Brasil. Mais informações no site: www.luiscelsonews.com.br

Uma abençoada quinta-feira a todos, a coluna volta no domingo.

Fontes: (CLCB) Canal Rural, Agência Brasil e Ascom/Alap.

Por (LCN) @luiscelsonews – luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios