Hermasa faz história no embarque de grãos

Coluna "Navegação em Foco" - (LOP) Jornal O Liberal

Hermasa, empresa do Grupo Amaggi, bateu o próprio recorde no primeiro quadrimestre de 2022. Os dois terminais localizados em Itacoatiara (AM) embarcaram 2,3 milhões de toneladas de grãos e derivados para exportação. Ao todo, foram utilizados 55 navios, além de 6 navios com fertilizante importados.
Os números expressivos mostram a força do agronegócio na Amazônia e a importância dos portos da região na exportação de grãos.
Tudo começou com a implantação da Hidrovia do Madeira (a primeira a funcionar na Amazônia), a inauguração do terminal, e com o primeiro embarque de 55 mil toneladas de soja realizada em 12 de abril
de 1997 no navio “POWHATAN”.
O terminal durante o seu primeiro ano de funcionamento embarcou mais de 500 mil toneladas de soja. Capitanearam o trabalho André Maggi, fundador do Grupo Amaggi, junto com o filho Blairo Maggi, formaram uma equipe que tinha à frente dois ex-comandantes de Marinha: os capitães de corveta Pagot e Toscano; Vadislau Valença era o líder operacional e Jander Travassos dos Santos, o operador de sala de controle. Além do apoio da extinta Associação de Praticagem da Bacia Amazônica, com o apoio dos práticos Leônidas Craveira, Guilherme Rebelo, Álvaro Carvalho e Francisco Barbosa.

Primeira base fluvial de segurança é entregue no Marajó

Com o objetivo de reduzir a criminalidade e proporcionar mais segurança às comunidades ribeirinhas, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (SEGUP), e atendendo solicitações da prefeitura municipal de Breves, no Marajó, entregou na quartafeira, 22, a primeira unidade de base integrada fluvial de segurança da região. Batizada de “Antônio Lemos”, a base está instalada em local estratégico, às margens do rio Tajapuru, no distrito de Antônio Lemos, município de Breves, onde ampliará abordagens e fiscalizações em toda região. Com um investimento de cinco milhões de reais, a embarcação contará com um heliponto, internet, e equipamentos de alta tecnologia, além de presença de diversos agentes com atendimentos 24h aos moradores e ribeirinhos.
“A Base Fluvial é uma ferramenta estratégica para combater a criminalidade no Marajó e fortalecer a fiscalização com a presença permanente com estrutura adequada para os órgãos de segurança, tanto para proteção dos ribeirinhos, quanto no sentido de garantir a fiscalização e monitoramento do estreito dos rios onde se faz confluência de quem vem do Oeste do Pará, e dos estados do Amazonas e Amapá”, disse o governador Helder Barbalho, que celebrou a tão esperada entrega da primeira unidade no Marajó.

Unidade de base integrada fluvial de segurança “Antônio Lemos”

Governador Helder Barbalho, prefeito de Breves, Xarão Leão, e sua esposa Andreia Melo

CAMPANHA “DOE ACONCHEGO” DA VCB

A coluna “Navegação em Foco” participou da campanha organizada pela diretora da Voluntárias Cisne Branco (VCB), Geórgia Barbosa, esposa do vice-almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, comandante do 4º Distrito Naval. As Voluntárias estão fazendo um belíssimo trabalho junto ao Abrigo do Marinheiro. Mas, a campanha foi bem sucedida porque contou com a participação de um grupo de amigos formado por Carlos Eduardo Moraes, Raimundo Teixeira, Andrey Brilhante, Lins Barbosa e Luiz Omar Pinheiro, práticos da Nortepilot; pelo prático Alvim Spinola, prático da Amazon River Pilot; Bosco Vasconcelos, prático do Porto de Rio Grande; Kleber Campos, presidente da Nortelog; Renato Ogawa, prefeito de Barcarena; soamarino Alexandre Carvalho; e Rui Lourenço, presidente Sindopar. Com a parceria, foi possível arrecadar mais de 200 toalhas e 60 lençóis e cobertores. A campanha segue até o dia 1 de julho, recebendo toalhas de banho, lençóis e cobertores. As doações devem ser entregues no Clube Veleiro, diretoria da VCB, de segunda a sexta, de 8h às 16h. Mais informações: (91) 98412-4941.

Marina Pinheiro e Beatriz Risuenho representaram o colunista durante a entrega das doações que foram recebidas pela Sargento Julliana e a 1º Tenente Tayná.

MARES & RIOS

O Comando Militar do Norte (CMN) comemora nove anos. A programação de aniversário segue durante a semana com celebração religiosa, competição esportiva e formatura militar. A celebração acontece no 2º Batalhão de Infantaria de Selva (2º BIS).

É com profunda tristeza que a coluna notícia do falecimento do prático da Bacia Amazônica Voltaire Miniuk Ferreira, de 43 anos de idade. Na quinta-feira passada, Voltarie e o filho de 3 anos foram atropelados em Curitiba, onde moravam. O Prático Voltaire era natural de Santos, em São Paulo. Egresso da Marinha Mercante, o prático concluiu o curso de Oficial de Náutica no CIAGA no ano de 2000 e ingressou na praticagem em dezembro de 2009, quando passou a integrar o quadro da Bacia Amazônica
Práticos (BAP). A Cooperativa Unipilot que congrega os Práticos da Bacia Amazônica (ZP-1) lamenta muito o ocorrido e se solidariza com familiares e amigos.

Voltaire era prático da Bacia Amazônica (ZP-1)

O delegado da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-PA), Mário Martins, e vários “adesguianos” estiveram presentes na sessão solene em homenagem ao Dia do Exército e ao Bicentenário da Independência do Brasil realizada na ALEPA.

O Governo do Estado, por meio da Polícia Civil, vai nomear, até o final do mês, 1.049 novos servidores que foram aprovados no último concurso público. Vários municípios paraenses vão ser beneficiados com delegados, investigadores, escrivães e papiloscopistas.  Durante três meses, os novos Práticos da Bacia Amazônica (ZP-1) lamenta muito o ocorrido e se solidariza com familiares e amigos. policiais foram treinados com modernas técnicas de combate à criminalidade.
O ato de encerramento do curso ocorreu na noite da última quarta-feira, em Belém, e teve a presença do governador Helder Barbalho, do secretário de segurança Ulame Machado, do delegado-geral Walter Resende, do deputado Delegado Nilton Neves, autoridades e familiares dos novos agentes de segurança.

O jornalista Beto Messias registrou a presença do governador Helder Barbalho

O presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará (CPH), Abraão Benassuly, visitou o vice-almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, comandante do 4º Distrito Naval, para agradecer a parceria da Marinha do Brasil com o Governo do Pará na liberação dos projetos navais de construção e reconstrução de terminais hidroviários no Estado. Também participaram do encontro o contra-almirante Carlos Roberto CEM do Distrito; capitão-de-mar-e-guerra Paiva, comandante da Base Naval; Kleber Campos Presidente, da Nortelog; o capitão-de-mar-e-guerra Medeiros; capitão-de-mar -e-guerra Luiz Alberto; e o capitão de fragata Marcelo.

O vice-almirante Edgar, comandante do 4º DN, e o contra-almirante Carlos Roberto
recepcionaram os membros da comitiva do secretário Benassuly.

Fonte: (CNF) (LOP) luizopinheiro@gmail.com

Por (LCN) @luiscelsonews

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios