Hospital de Aeronáutica de Belém (HABe) realiza ação cívica-social

Coluna "Navegação em Foco" - LOP Jornal O Liberal

Militares da área de saúde que participaram da ação “ACISO Ribeirinhos”, em Acará.

Hospital de Aeronáutica de Belém (HABe), que tem como diretor o coronel médico Feijó, realizou a primeira ação cívico-social (ACISO) de 2022. Na Ilha do Maracujá, em Acará, a 66 km de Belém, 55 militares da área de saúde, entre médicos, dentistas, enfermeiros e assistente social, atenderam a comunidade, reafirmando uma das missões da Força Aérea na integração do território nacional através da assistência aos que mais necessitam.
A ação denominada “ACISO Ribeirinhos” registrou 620 procedimentos realizados durante todo o sábado. Para alcançar o maior número de pessoas, os atendimentos ocorreram em barco e centro comunitário, além de visitas domiciliares. A embarcação foi disponibilizada pelo projeto “Luz na Amazônia”, da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), e concentrou atendimentos de clínica médica, exames de ultrassom e montagem de uma clínica odontológica móvel. No centro comunitário, foram ofertados atendimentos nas
especialidades de ginecologia e pediatria, e vacinação contra a influenza e covid-19.
Já para as famílias ribeirinhas que não tiveram a possibilidade de se deslocarem até os locais onde os atendimentos estavam sendo realizados, equipes de profissionais de saúde do HABe, compostas por clínico-geral, pediatra, enfermeira, dentista e assistente social, deslocaram-se em embarcações menores até as casas dos moradores, em locais de difícil acesso. Foram realizadas consultas clínicas, atendimento cardiológico, pediátrico, orientações gerais de saúde com a equipe da enfermagem e atendimento odontológico.

Comando de Policiamento Ambiental da PM realiza curso marítimo

A Companhia Independente de Polícia Fluvial (CIPFLU) realizou o primeiro Curso de Ações Policiais Fluviais (CAPFLU). O objetivo foi preparar os militares, tanto da PM, como de outras instituições, para realizarem policiamento preventivo fluvial durante atividades ordinárias.
O curso teve duração de 45 dias e programa curricular com 23 matérias, como direito embarcado, natação utilitária, armamento, munição e tiro. Além disso, teve uma viagem de estudo para o Grupamento Especial de Fronteira, na cidade de Porto Esperidião, onde foi ofertado aos alunos o Estágio de Adaptação de Fronteira.
Inicialmente, o curso teve a participação de 22 alunos, fundando com 11 formandos, sendo oito policiais
militares do Pará, um policial militar do Paraná e dois militares da Marinha do Brasil. O curso foi realizado no Centro de Instrução “Braz de Aguiar” (CIABA).
A Companhia Independente de Polícia Fluvial, órgão de execução que integra o Comando de Policiamento Ambiental (CPA), comandado pelo coronel Cavalcante, tem como objetivos realizar o policiamento ostensivo fluvial nas principais malhas hidroviárias do Estado por meio de embarcações motorizadas e desenvolvendo ações de abordagens e assistência às comunidades ribeirinhas, garantindo segurança para as comunidades ribeirinhas.

Comandante do I COMAR visita governador do Pará

O Comandante do Primeiro Comando Aéreo Regional (I COMAR), major-brigadeiro do ar Raimundo Nogueira Lopes Neto, visitou o governador do Pará, Helder Barbalho, na última terça-feira. O encontro faz parte da agenda de visitas institucionais e teve o objetivo de reforçar o relacionamento entre a Força Aérea Brasileira (FAB) e o Poder Executivo no Estado.
A chegada das primeiras aeronaves F-39 Gripen para a Defesa Aérea brasileira, entre outras pautas, foram temas do encontro. “Agradeço por nos receber e reitero que a estrutura da FAB está sempre à disposição do povo paraense”, ressaltou o oficialgeneral.

Governador Helder Barbalho e major-brigadeiro do ar Raimundo Nogueira Lopes Neto.

BARRA DO PARÁ é primeira do Brasil a receber Certificação da Marinha para Serviços de Levantamentos Hidrográficos

A Barra do Pará recebeu nesta semana, do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), órgão da Autoridade
Marítima Brasileira responsável pelo Serviço Hidrográfico do país, o Certificado de Inscrição de Entidade Executante de Levantamento Hidrográfico, sob o n° 422, tendo cumprido, para tal, as exigências previstas nas Normas da Autoridade Marítima para Levantamentos Hidrográficos NORMAM-25/DHN (2ª Revisão). Atualmente, a Barra do Pará é a única empresa de Praticagem no Brasil com a referida certificação.
Este certificado representa o esforço da empresa em manter um departamento próprio de batimetria, composto por uma equipe técnica altamente qualificada que conta com uma lancha específica com a mais moderna tecnologia para realizar levantamentos hidrográficos e, quando solicitada pela Marinha do Brasil, coopera com ações de busca e salvamento (SAR).
Além disso, o certificado também evidencia a capacidade da empresa em manter os práticos munidos com informações georreferenciadas, sobre alterações geomorfológicas nos canais de navegação e berços de atracação da Zona de Praticagem (ZP-3), que abrange toda a calha do Rio Pará até a Baía do Marapatá, e seus acessos oceânicos, bem como as hidrovias dos Rios Guamá e Tocantins, além de contribuir com a Segurança da Navegação, na área de jurisdição da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, e com a eficiência das operações da Autoridade Portuária e Terminais de Portuários Privados da Região.

MARES & RIOS

No dia 27 de abril, CIABA realizou uma palestra para os alunos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) com tema “Segurança Cibernética”ministrada pelo consultor da Transpetro, Rodrigo Assumpção Victorio.

No começo da semana, o comandante-geral da Polícia Militar do Pará (PMPA), coronel José Dilson Melo de Souza Júnior, e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBMPA), coronel Hayman Apolo Gomes de Souza estiveram no I COMAR para fortalecer e estreitar os laços entre as três instituições e conhecer as experiências da PMPA e do CBMPA. O major-brigadeiro Nogueira agradeceu a visita.

O Núcleo de Assistência Social do Comando do 4º Distrito Naval promoveu, no dia 25 de abril, a palestra “Transição de Carreira e Finanças Pessoais” para 11 praças de Organizações Militares subordinadas ao
Com4ºDN na cidade de Belém, que estão próximos do tempo necessário para solicitar transferência para a reserva remunerada. A atividade, que faz parte do projeto Social “Caminhos da Vida” e do programa de Qualidade de Vida, foi realizada na Área Recreativa Esportiva e Social (ARES) Veleiro e ministrada pela mentora e especialista em Reestruturação Financeira e Transição de Carreira, Julita Chaves

O diretor de operações do Grupo Atlântica Matapi, Carlos Pinto, esteve em Redenção, no sul do Pará, visitando a fazenda da Floresteca, empresa do grupo indiano TRC que investiu em tecnologia de ponta e hoje tem área de 20 mil hectares com teca, um tipo de madeira largamente consumida pelo mercado da Índia. João Lucas, diretor de operações da Floresteca, aprovou as soluções oferecidas pela Matapi para a exportação da produção. Na próxima terça, vamos publicar uma reportagem especial sobre este grande avanço no desenvolvimento do Porto de Belém.

Luan Lima, gerente comercial da TCR, Carlos Pinto, diretor de operações do Grupo Atlântica Matapi, e João Lucas Silva, diretor executivo da TRC na Fazenda da Floresteca.

Na última quinta-feira, estive na Comissão de Seleção Permanente das Forças Armadas, dirigida pelo coronel do Exército Rodrigues, acompanhando Luis Omar II, meu filho caçula, que se apresentou ao serviço militar. Nota 10 para o atendimento e organização da equipe responsável por orientar os jovens
que estavam buscando orientação no local.

Luiz Omar II, coronel Rodrigues e o colunista Luiz Omar Pinheiro.

Fonte (NF) (LOP) luizopinheiro@hotmail.com

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios