Comércio Exterior da China é de 9,6% no segundo trimestre

De acordo com dados divulgados pela Administração Geral das Alfândegas da China

Na quinta-feira (9), o valor total do comércio exterior da China em moeda local foi de 16,04 trilhões de yuans, um aumento de 8,3% em relação ao ano anterior, contabilizando as importações e exportações. Desse total, 8,94 trilhões de yuans foram de exportações e 7,1 trilhões de yuans foram de importações (crescimentos de 11,4 % e 7,1%, respectivamente, em relação a 2021).

A análise mensal, em maio, o valor das importações e exportações da China foi de 3,45 trilhões de yuans, um aumento de 9,6%.  Entre eles, as exportações foram 1,98 trilhões de yuans, com crescimento de 15,3%; as importações foram de 1,47 trilhões de yuans, cresceram 2,8%, e o superávit comercial se recuperou em relação a abril.

Em termos de produtos, as exportações de produtos eletromecânicos e de mão-de-obra intensiva aumentaram. De janeiro a maio, a China exportou 5,11 trilhões de yuans de produtos eletromecânicos, um aumento de 7%, representando 57,2% do valor das exportações. No mesmo período, as exportações de produtos de mão-de-obra intensiva foram de 1,58 trilhões de yuans, um crescimento de 11,6% e 17,6%.

Li Kuiwen, diretor da agência aduaneira chinesas, disse que com uma série de políticas e medidas de estabilização econômica a serem tomadas, a logística de comércio exterior ainda mais livre, o retorno das empresas ao trabalho e à produção ainda mais acelerado, espera-se que o comércio exterior da China continue a manter um ritmo de crescimento estável.

Ao “21st Century Business Herald”, Zhou Maohua, analista do Everbright Bank, disse que, a recuperação das importações e exportações de comércio exterior em maio foi uma surpresa e o que levou essas atividades comerciais serem normalizadas foram devido a redução significativamente, de abril, como na cadeia logística de transporte, a cadeia industrial de abastecimento da cadeia industrial, e as produções das empresas.

Zhou acredita que a recuperação de importações e exportações domésticas em maio reflete a manutenção do padrão de expansão da demanda interna e externa da China, o desempenho super esperado do comércio exterior ajuda a fortalecer as expectativas otimistas do mercado para a perspectiva de recuperação econômica doméstica.

Estatísticas alfandegárias da China mostram que nos primeiros cinco meses, as importações e exportações de empresas privadas da china foram 7,86 trilhões de yuans, um aumento de 11,8%, representando 49% do valor total do comércio exterior do país, um aumento de 1,5 p.p. em comparação com o mesmo período do ano passado.

Bai Ming, vice-presidente do instituto de pesquisa de mercado internacional do Ministério do Comércio, disse aos repórteres da 21st Century Business Herald, que as empresas privadas são claramente atraentes para o crescimento do comércio externo da China, as empresas privadas têm uma contribuição proeminente na estabilidade do emprego, e o papel da China na estabilidade do comércio externo não pode ser subestimado.

De janeiro a maio, as importações e exportações da China para os principais parceiros comerciais, como a Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), a União Europeia e os Estados Unidos, continuaram a crescer.

Tradução: Mei Zhen Li

Fonte: 21st Century Business Herald e China2Brazil

Por (LCN) @luiscelsoborges – luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios