Barra do Pará recebe certificação da Marinha do Brasil para Serviços de Levantamentos Hidrográficos

Coluna Luís Celso Borges - "Navegando no Social"

Batimetria Multifeixe-imagem em 3D

A Barra do Pará recebeu nesta semana do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), Órgão da Autoridade Marítima Brasileira, responsável pelo Serviço Hidrográfico do país, o Certificado de Inscrição de Entidade Executante de Levantamento Hidrográfico, sob o n° 422, tendo cumprido, para tal, as exigências previstas nas Normas da Autoridade Marítima para Levantamentos Hidrográficos NORMAM-25/DHN (2ª Revisão).

Atualmente, a Barra do Pará é a única empresa de Praticagem no Brasil com a referida certificação.

Este certificado representa o esforço da empresa em manter um departamento próprio de batimetria composto por uma equipe técnica altamente qualificada que conta com uma lancha específica com a mais moderna tecnologia para realizar levantamentos hidrográficos e, quando solicitada pela Marinha do Brasil, coopera com ações de busca e salvamento (SAR).

Além disso, o certificado também evidencia a capacidade da empresa em manter os Práticos munidos com informações georreferenciadas, sobre alterações geomorfológicas nos canais de navegação e berços de atracação da Zona de Praticagem 03 (ZP-3), que abrange toda a calha do Rio Pará até a Baía do Marapatá, e seus acessos oceânicos, bem como as hidrovias dos Rios Guamá e Tocantins, além de contribuir com a Segurança da Navegação, na área de jurisdição da Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, e com a eficiência das operações da Autoridade Portuária e Terminais de Portuários Privados da Região.

CARIBEX

Militares do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Norte e do Navio de Apoio Oceânico “Iguatemi”, acompanhados pelo Adido de Defesa, Naval e do Exército na Guiana, realizaram, no dia 25 de abril, visita protocolar ao gabinete do Chefe do Estado-Maior da Força de Defesa da Guiana. O evento integra o planejamento da Comissão “CARIBEX” 2022, que visa o intercâmbio de conhecimento entre as marinhas amigas e exercícios de caráter militar, a fim de aprimorar o adestramento das tripulações dos meios navais.

A comitiva brasileira foi recebida pelo Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Brigadeiro Godofrey Bess, maior autoridade militar na Guiana, e por membros do seu Estado-Maior, que apresentaram as possibilidades de interoperabilidade entre a Marinha do Brasil e a Guarda Costeira da Guiana, bem como os desafios atuais relacionados à segurança marítima em seu país.

PIRATAS

A tripulação marítima estão enfrentando uma situação bastante difícil no fundeadouro de Macapá, com vários navios sendo assaltados à luz do dia, por piratas muito violentos. São pelo menos 4 a 5 navios assaltados todo mês.

E o navios continuam vulneráveis e a mercer dos Piratas, que cada vez se tornam mais violentos. A situação está bastante preocupante e as tripulações estão se trancando dentro do navio, com medo de perder a vida para esses piratas.

Isso mancha a imagem do Brasil na comunidade marítima mundial, que já estão chamando de Linha Vermelha ou Nova Somália.

ACONTECIMENTOS

A Maravilhosa Lene Ferreira, ela está na bela Praia do Araçagi,  é uma praia do município de São José de Ribamar, no norte da ilha de Upaon-Açu, na Região Metropolitana de São Luís, no estado do Maranhão.  É uma das praias mais limpas da ilha, com ondas fortes e altas.

A queridíssima Valdiléia Soares, ela está na Praia Seca fica localizada na Restinga de Massambaba, esta praia está situada no centro de Araruama na região dos lagos/RJ.

Nesta fotografia o Colunista recebeu o Diploma Amigo do Hospital Naval de Belém em janeiro das mãos do Vice-Almirante Edga Barbosa (Com. 4/DN) no dia do Aniversário do Hospital e na outra foto ao lado do CMG (MD) (RM1) Klebherwal Farias e CMG (MD) Carlos Marsico (Diretor do HNBel).

A maravilhosa Rose Alves, ela estar na Praia de Cumbuco fica no estado brasileiro do Ceará, distante a 35 Km de Fortaleza/CE, a 30 km de Caucaia, 72 Km de Aquiraz e a 235 km de Sobral.

NEWS

Licença ambiental: consulta a povos tradicionais gera embate em Minas Gerais. Comunidades indígenas acham que medida fere autonomia dos territórios.

Taxa de desemprego fica em 11,1% no primeiro trimestre, diz IBGE. Esse é o menor índice para o trimestre encerrado em março desde 2016.

Pelo terceiro mês consecutivo, o Brasil registra crescimento no número de empregos com carteira assinada. 615 mil novas vagas formais foram abertas desde janeiro.

IPI – O imposto que incidia sobre geladeiras que era da ordem de 20%, caiu para 13%, máquinas de lavar roupas cai para 5%, assim como uma série de outros produtos com a expectativa que seja barateado para o consumidor final.

O Governo Federal concluiu mais um trecho duplicado da BR-101/BA, no município de Conceição do Jacuípe, no estado da Bahia. Com este segmento liberado, já são 15,27 km duplicados entregues à população por meio da obra.

O Congresso aprovou na quinta-feira (28) um Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) que permite a redução de tributos sobre combustíveis sem necessidade de compensar a perda de arrecadação. Normalmente, sempre que um ente federativo aceita perder arrecadação (com redução ou isenção de tributos, por exemplo) é obrigado a indicar uma outra fonte de recursos para fazer a compensação. Com a aprovação desse projeto, essa indicação não será necessária.

Os produtores de café terão à disposição R$ 6,06 bilhões em crédito do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). O valor foi aprovado na quinta-feira (28), pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para o exercício deste ano e é um pouco maior que os R$ 5,9 bilhões aprovados em 2021.

GASOLINATeresina (R$ 8,254), Rio de Janeiro (R$ 7,781) e Aracajú (R$ 7,779) foram as capitais com preços mais altos no mês de abril. Já os menores valores médios foram encontrados em Porto Alegre (R$ 6,791), Cuiabá (R$ 6,969) e Macapá (R$ 7,013).

A partir de domingo (), o gás natural vendido às distribuidoras pela Petrobras estará 19% mais caro. O novo reajuste trimestral, com validade até 31 de julho, foi divulgado na sexta-feira (29) pela estatal.

Os preços da soja recuaram na sexta-feira (29) no Brasil e poucos negócios foram registrados. Chicago e dólar tiveram um dia volátil, afastando os negociadores. Mas a semana foi positiva em termos de comercialização, com cerca de 1 milhão de toneladas trocando de mãos.

A boa demanda por parte da China garantiu um mês positivo para a soja. A posição julho acumulou valorização de 5,43%. Na semana, os contratos tiveram desvalorização de 0,2%.

Os contratos da soja em grão com entrega em maio fecharam com alta de 1,75 centavo ou 0,10% a US$ 17,08 1/4 por bushel. A posição julho teve cotação de US$ 16,84 por bushel, estável.

Nos subprodutos, a posição julho do farelo fechou com baixa de US$ 2,20 ou 0,51% a US$ 432,30 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em julho fecharam a 84,18 centavos de dólar, com perda de 2,42 centavos ou 2,79%.

CÂMBIOO dólar comercial fechou em R$ 4,943 para venda, com ganho de 0,06%. Na semana, a moeda norte-americana acumulou valorização de 2,77%. No mês, o dólar subiu 3,2%. O dia foi volátil, em meio a formação da PTAX. O aceno do governo chinês aos novos estímulos à economia valorizou globalmente as commodities e favoreceu as moedas emergentes, como o real, que também surfa nos altos juros domésticos.

Uma abençoado domingo para todos, a coluna volta na quarta-feira

Fonte: (CLCB), Canal Rural, Agência Brasil.

Por (LCN): @luiscelsonews

Informação para coluna: luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios