Marinha celebra o Dia Marítimo Mundial

Marinha do Brasil

Diretor-Geral de Navegação entrega Medalha Mérito Marítimo

Em 1978, a Organização Marítima Internacional (IMO) adotou a última quinta-feira do
mês de setembro como data para a celebração do Dia Marítimo Mundial. Comemorada
pelos mais de 170 Estados-Membros da IMO, a data visa enaltecer a atividade marítima
como imprescindível para a manutenção da economia e do comércio global.
Desde 2020, com o surgimento da emergência sanitária da Covid-19, a data tem ganhado
cada vez mais relevância no âmbito internacional, uma vez que o transporte marítimo
foi classificado pela Organização das Nações Unidas como atividade essencial e assumiu
papel de destaque, sendo responsável pela manutenção de mais de 80% do comércio
durante a pandemia. Nas palavras do Secretário-Geral da IMO, Kitack Lim, “o transporte
marítimo e o profissional marítimo estarão no centro da recuperação econômica e do
crescimento sustentável no futuro, tanto no mar como em terra, apoiando uma economia
inclusiva e resiliente para sustentar a realização dos objetivos de desenvolvimento
sustentável”.
Buscando enaltecer os profissionais do mar e sua importância nessa engrenagem o
tema escolhido pela IMO foi: “Marítimos: no cerne do futuro da navegação”. Deste
modo, aquela organização busca chamar a atenção da sociedade sobre o papel vital do
elemento humano, como peça-chave para a manutenção do comércio mundial, uma das
mais importantes vias de crescimento para qualquer país.
No Rio de Janeiro, foi realizada a cerimônia alusiva à data no Centro de Instrução
Almirante Graça Aranha (CIAGA). O evento, presidido pelo Diretor-Geral de Navegação,
Almirante de Esquadra Wladmilson Borges de Aguiar, conteve momentos de homenagem
à comunidade marítima, em especial, durante a aposição floral no busto do Visconde de
Mauá, patrono da Marinha Mercante Brasileira. Na ocasião, também foram entregues
o Distintivo de Comodoro, comenda que reconhece os relevantes serviços prestados
pelos Capitães de Longo Curso (CLC) à Marinha Mercante Brasileira; o Prêmio DPC de Qualidade, distinção destinada à Capitania, Delegacia e Agência que obtiveram o melhor
índice de desempenho final nas áreas de Segurança do Tráfego Aquaviário e Ensino
Profissional Marítimo; e a Medalha Mérito Marítimo, condecoração destinada a enaltecer
o trabalho e dedicação de aquaviários que tenham se distinguido durante suas atuações
a bordo e pela quantidade de dias de embarque.
Além da cerimônia, a Autoridade Marítima Brasileira realizou um seminário com o Instituto
Marítimo e Portuário de Angola sobre o tema: “Regulamentação da Convenção STCW/78
e Ratificação da Convenção MLC2006”. Durante o evento, foi apresentada a experiência
do Brasil sobre essas duas convenções, destacando seus benefícios e desafios.
Encerrando as homenagens, a Ilha Fiscal, o Tribunal Marítimo, as Capitanias de 1ª Classe
com prédios históricos em diversos Distritos Navais e o tanque representativo da fauna
marinha brasileira no AquaRio foram iluminados na cor azul em alusão à cor do mar e
em homenagem aos marítimos.
O Dia Marítimo Mundial no Brasil foi dedicado a reconhecer e homenagear a abnegação
e desprendimento dos homens e mulheres que diuturnamente contribuem de forma
silenciosa para o desenvolvimento e crescimento econômico brasileiro.

Diretor-Geral de Navegação entrega Prêmio
DPC de Qualidade ao Capitão dos Portos da
Amazônia Oriental

Homenagem ao Visconde de Mauá, Patrono
da Marinha Mercante Brasileira

Ilha Fiscal iluminada em azul homenageando os marítimos

Fonte: ACS – Marinha do Brasil

Via (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios