Açúcar se destaca na pauta de exportações pelo Porto de Santos em janeiro

O movimento em janeiro apresenta crescimento de 16,9% em relação a 2023, caracterizando-se como a melhor marca para o período

Açúcar se destaca na pauta de exportações pelo Porto de Santos em janeiro

O Porto de Santos iniciou 2024 já com recorde de movimentação de cargas. O mês de janeiro teve registro de 11,9 milhões de toneladas de cargas movimentadas. O expressivo volume de açúcar que chegou ao Porto de Santos em janeiro elevou os embarques do produto em 71,1%, em comparação com mesmo período do ano passado, totalizando 2 milhões de toneladas, desempenho determinante para o crescimento de 16,9% em relação a janeiro de 2022.

É uma satisfação começar o ano batendo recorde, não pelo número em si, mas porque demonstra que o Porto de Santos mantém a capacidade de atender a demanda do comércio exterior brasileiro”, celebrou o presidente da Autoridade Portuária de Santos (APS), Anderson Pomini.

Soja em grãos, café, carnes e óleo combustível nos embarques, e adubo e óleo diesel, nas descargas, também se sobressaíram com crescimento de, respectivamente, 51,8%, 69%, 6,1%, 159,9%, 28,9% e 115,3%.

O total de embarques foi de oito milhões de toneladas, aumento de 17,8%, e de desembarques 3,9 milhões de toneladas, crescimento de 15%.

A carga conteinerizada somou no mês de janeiro 410.878 TEU (medida equivalente a um contêiner de 20 pés), também recorde para o mês, com aumento de 16,4% se comparado ao mesmo período de 2023.

Os granéis sólidos somaram 5 milhões de toneladas, aumento de 13,9% sobre o mesmo período de 2023 e melhor marca para o período. Ganharam destaque nesse segmento o açúcar e a soja.

Os líquidos a granel atingiram 1,7 milhão de toneladas, aumento de 23,2% em relação ao acumulado nesse período do ano passado. Na composição dos líquidos a granel destacam-se óleo combustível e óleo diesel.

As atracações de navios no ano somam 439, crescimento de 10%.

Corrente Comercial

A participação do Porto de Santos na corrente comercial brasileira apresentou aumento ao registrar 28,4% (em janeiro de 2023 foi de 27,6%), sendo do total, 23,3% com a China. O Estado de SP apresenta a maior participação no COMEX com 55,6%.

Fonte: Ascom/PortosSantos

Por: (LCN) Luís Celso News

E-mail: luiscelsonews@gmail.com