Instituto de Tecnologia (ITEC) da Universidade Federal do Pará (UFPA, inicia nova gestão

Coluna Luís Celso Borges - "Navegando no Social" - Domingo

O Instituto de Tecnologia (ITEC) da Universidade Federal do Pará (UFPA) iniciou na terça-feira, (17), novo período de gestão administrativa e acadêmica. O professor Hito Braga de Moraes tomou posse como diretor-geral, em sucessão ao professor Newton Sure Soeiro. A função de diretor-adjunto, até então ocupada por Hito Moraes, será desempenhada pelo professor Miércio Cardoso de Alcântara Neto. Os novos dirigentes foram empossados pelo reitor da UFPA, Emmanuel Zagury Tourinho.

A cerimônia, realizada no Auditório do Prédio das Pós-Graduações do Instituto de Tecnologia (PGITEC), no setor profissional do Campus Guamá, teve início com a assinatura dos termos de posse, seguida pelos discursos oficiais.

O Professor Hito Braga de Moraes, novo diretor-geral, frisou em sua fala a importância do ITEC para a universidade e para o estado. “Hoje, o ITEC possui 24 subunidades. Ele é maior que muita universidade no Norte e Nordeste do país. Estamos falando de um instituto gigantesco e sabemos que assumimos uma responsabilidade muito grande, mas temos muita tranquilidade para reassumir nosso compromisso em tornar o nosso instituto cada vez mais atuante

Também estiveram presentes na solenidade de posse pró-reitores e representantes de outros órgãos da Administração Superior, dirigentes de outros institutos e faculdades da UFPA, além de representantes da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (CODEC) eda Associação dos Terminais Portuários e Estações de Transbordo de Cargas da Bacia Amazônica (Amport), e ampla participação da comunidade do Instituto. Ao final da cerimônia, ainda houve a apresentação do Coral do ITEC. (Texto: Edmê Gomes – Ascom UFPA Fotos: Alexandre de Moraes – Ascom UFPA)

O reitor da (UFPA) Emmanuel Zagury Tourinho 

O vice-reitor da (UFPA) Gilmar Pereira da Silva

Professor Hito Braga de Moraes, novo Diretor-geral e Professor Newton Sure Soeiro

Diretor-adjunto, Miércio Cardoso de Alcântara Neto

PALESTRA

O Presidente do Tribunal Marítimo, Vice-Almirante (RM1) Wilson de Lima Filho, ministrou palestra na quarta-feira (18), para os alunos do Terceiro Ano da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, no CIAGA. Antes de minha apresentação, testemunhei uma justa homenagem do Comandante, Alte Ruiz, às mulheres da Turma, uma vez que foi comemorado o “Dia das Mulheres do Mar”. Foi apresentado a importante relação entre as tarefas do Tribunal Marítimo e a vida profissional de um oficial da Marinha Mercante embarcado. No período de debates os alunos demonstraram grande interesse pelo tema e pude perceber o entusiasmo e preparo dos futuros Praticantes. Naquele Centro e no CIABA encontramos o futuro de nossa Marinha Mercante, essencial para um país vocacionado para o mar como o Brasil. 

EDITAL EFOMM

As Provas estão marcadas para os dias 20 e 21/08 e, ao todo, são oferecidas 263 vagas, de nível médio. A Prova é para admissão nas escolas do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), no Rio de Janeiro (RJ), e no Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), em Belém (PA). Confira a divisão de vagas entre elas:

Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga) – 144 vagas. Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba) – 119 vagas.

As inscrições para a Prova da EFOMM serão abertas no dia 01/06, por meio do site da Marinha. Os interessados poderão se inscrever até o dia 15/06/22.

Resumo sobre o Processo Seletivo:

Órgão: Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante;

Cargos: oficial da reserva da Marinha;

Vagas: 263;

Requisitos: nível médio completo;

Inscrições: de 1º a 15 de junho de 2022

Valor: R$ 65,00;

Provas: 20 e 21 de agosto de 2022

PESSOAS EM EVIDÊNCIAS

Almirante de Esquadra Marcos Olsen (CON) e Milva Rebelo (Reicon)

Relton Osvaldo e Cleyce Pinto

Sérgio e Beth Ventura

Apoliano Nascimento (Pres. Sinpesca), Vice-Almirante Edgar Barbosa (Com. 4°DN) e Luís Celso Borges (Colunista)

Vice-Almirante (MR1) Lima Filho (Pres. Tribunal Marítimo), CMG Josué Teixeira e CLC Ricardo Monteiro (Colunista)

Marcelo Salgado (Pará River), CMG (MR1) Alexandre Santiago e Guilherme Coelho (Pará River).

PESCADO BRASILEIRO

Exportações – Dados da PeixeBR, apontam que as exportações da psicultura brasileira totalizaram U$S 20,7 milhões em 2021, um aumento de 78% quando comparado a 2020. A tilápia é a espécie mais exportada, com US$ 18,2 milhões em 2021, o que representa 88% do total. A tilápia também apresentou importante crescimento de 77%, em 2021. Em toneladas, o crescimento foi de 49% de 2021 comparado a 2020. Entre as categorias exportadas, os peixes inteiros congelados apresentaram os maiores volumes, com alta de 390% no comparativo com 2020. Os filés frescos ou refrigerados foram a segunda categoria mais exportada, aumento de 3%. E os filés congelados aumentaram 573% nas exportações.

NEWS

O sistema rodoviário das BR-116/493/465/RJ/MG, que liga o Rio de Janeiro/RJ a Governador Valadares/MG, será concedido ao setor privado. Com investimento previsto de R$ 11,3 bi nos 30 anos de contrato, a nova concessão deve gerar cerca de 150 mil empregos.

A Eco Rodovias foi a vencedora do leilão do sistema rodoviário BR-116/493/465/RJ/MG, Ao longo de 30 anos de contrato, a concessionária deverá investir R$ 11,3 bilhões na Rio-Valadares.

A concessão da Rio-Valadares beneficiará 37 municípios no Rio de Janeiro e em Minas Gerais com obras de modernização e aumento de capacidade. Ao longo dos 30 anos de contrato, serão investidos R$ 11,3 bilhões.

Dividida em seis trechos, a Rio-Valadares atravessa 14 municípios no RJ e 22 em MG, e é estratégica pela extensão e pelo volume de tráfego. Trata-se, ainda, da única rota disponível, a partir da capital fluminense, permitindo o acesso à Região dos Lagos e ao norte do estado.

Decreto regulamenta a Política Nacional sobre Mudança do Clima. Finalidade é regulamentar regras do mercado de baixo carbono. Medida atende a determinação da legislação ambiental.

Temperaturas sobem um pouco, mas frio permanece no fim de semana. Tempestade Subtropical Yakecan se afastou do continente.

A falta de contêineres e o câmbio desfavorável nos primeiros meses de 2022 tiveram impacto negativo sobre as exportações de arroz (base casca) em abril.

Os embarques no quarto mês do ano somaram 67,7 mil toneladas, volume bem inferior às 180 mil t enviadas ao exterior em março passado, informa a Associação Brasileira da Indústria do Arroz (Abiarroz), com base em dados do Ministério da Economia.

Ainda conforme a Abiarroz, no primeiro quadrimestre de 2022 (janeiro a abril), as exportações de arroz totalizaram 518,2 mil t, volume bem acima das 318,8 mil t embarcadas em igual período de 2021.

CABOTAGEM NO BRASIL – O programa que tem como objetivos, ampliar a oferta e melhorar a qualidade do transporte por cabotagem é o mais novo assunto na coluna Follow Up da Conjur, do MInfra.

DNIT – Em Roraima, a BR-401 foi duplicada e restaurada. Já no Sergipe, além da duplicação, a BR-101 conta com acessos à ponte sobre o Rio São Francisco. No Rio de Janeiro, o MInfra entregou o trecho recuperado da BR-493.

E as ações para melhoria da trafegabilidade da BR-364/AC estão sendo intensificadas no trecho entre o rio Andirá e Sena Madureira, em parceria com o Exército Brasileiro.

SAÚDE – Itaqui/RS. O 1° Regimento de Cavalaria Mecanizado mobilizou militares voluntários para doação de sangue no Hospital São Patrício. Assim, os membros do Regimento Sá Britto fazem jus à expressão “mão amiga” e ajudam a manter o estoque de sangue da instituição de saúde da cidade.

Ponta Grossa/PR – A 5ª Divisão de Exército realizou a certificação da Força de Prontidão da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada. O ataque noturno de alta dificuldade mobilizou 1.200 militares e 252 viaturas blindadas e não blindadas. Foram dez dias de treinamento com ações ofensivas.

Belém/PA – Estudantes e profissionais da área de comunicação social e jornalismo participaram, de 9 a 13 de maio, da edição 2022 do Programa Conheça o Seu Exército, promovido pelo Comando Militar do Norte (CMN), em Belém. A iniciativa visa apresentar o trabalho desenvolvido pelo Exército na região e estreitar as relações da Força com a comunidade acadêmica e profissionais da área de comunicação social.

Um abençoado domingo para todos, a coluna volta na quarta-feira

Fontes: (CLCB), Agência Brasil, Canal Rural e Minfra.

Por (LCN) @luiscelsoborges

Luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios