Governo estuda zerar taxa de importação de produtos alimentícios e construção para conter alta nos preços

Segundo o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, a medida pode não surtir efeito diante do alto custo de produção do Brasil

O governo estuda zerar o imposto de importação de onze produtos alimentícios e do setor de construção. A ideia é fazer um corte geral de 10% para tentar conter a alta de preços. O tema deve ser tratado em uma reunião da Câmara de Comércio Exterior, que acontece nesta semana. Em março, o governo já havia zerado as alíquotas para etanol e mais seis tipos de alimentos, entre eles café moído, açúcar e óleo de soja.

Para o comentarista do Canal Rural Miguel Daoud, a proposta de isentar as taxas pode não surtir efeito devido à alta nos custos de outros itens, como o diesel, que pode encarecer o valor do frete para o transporte de produtos. 

 

Fonte: Canal Rural

Por (LCN) @luiscelsonews

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios