1 ano de saudades do grande mestre Alyrio Sabbá.

Coluna "Convés Principal" CLC Ricardo Monteiro

Alyrio Sabbá ao lado do colunista

A coluna faz referência nessa data ao grande mestre jornalista Alyrio Juarez Otoni Sabbá. Já se vai um ano de saudades de uma pessoa que nos faz feliz até os dias atuais. Um ano que sentimos falta daquele que sempre nos proporcionou alegrias, momentos de emoções e conselheiro nas situações difíceis.
Sua coluna de renome ainda ecoa. Foi mais de meio século colorindo as páginas do jornal “O Liberal” e, posteriormente, do “Portal da Navegação”, que tem como Editor-Chefe o seu filho Edson Sabbá.
O amigo Luiz Omar Pinheiro detém a coluna no mesmo jornal, dando continuidade ao legado do mestre. Também outros dois legados foram deixados por ele: o Luís Celso, que foi seu fotógrafo e este colunista, que escreve conforme as lições aprendidas.
No meu Comando no NT “Oscar Niemeyer”, o mestre Alyrio Sabbá acompanhava nossas viagens pela região norte, especialmente para Belém e Manaus, noticiando cada passo navegado, cada visita que recebíamos, inclusive de autoridades, e cada operação realizada. Não foi a toa que a tripulação resolveu homenageá-lo com o Brasão do navio como “Tripulante Honorário”.
Como demonstração de expressão atual, sinto falta da sua coluna e, mais ainda, do amigo que agora está no Reino Celestial, onde temos a certeza que um dia encontraremos com ele e poderemos relembrar os feitos em nossa passagem terrena. Alyrio Sabbá, um ano de saudades. (Foto: Luís Celso)

O colunista entregando o Brasão de Tripulante Honorário do NT “Oscar Niemeyer” ao Mestre Alyrio Sabbá

Matéria da Coluna Alyrio Sabbá de 23 de Agosto de 2017.

A amizade é eterna, Mestre Alyrio Sabbá.

Túnel do Tempo: Equipe de Futebol do CIABA de 1994.

O Túnel do Tempo mostra a Equipe de Futebol de Campo do CIABA, que disputou o Torneio da Integração (como era chamada a competição entre as duas Escolas de Marinha Mercante CIABA x CIAGA), em 1994.
Em pé, da esquerda para direita: Preissler (Máquinas), Fabrício (Comandante), Hércules (saiu no 2º Ano), Vinícius (Máquinas), o colunista (mais baixinho da turma), Bruno (Máquinas), Cláudio (Máquinas) e o técnico da equipe CB-EP Leão.
Agachados, da esquerda para direita: Leônidas (Polícia Rodoviária Federal), Torres (Comandante), Wallace (Tenente-Coronel do Corpo de Bombeiros-RJ), Jeremias (Máquinas), Corrêa (Máquinas), Oliveira (Comandante) e Germando (Máquinas).

Equipe de Futebol de Campo do CIABA em 1994

As qualidades de um bom Comandante.

O Capitão de Longo Curso José Menezes Filho, considerado uma das grandes expressões da Marinha Mercante Brasileira, recomenda a leitura do livro “A vida do pirata”, do autor E. San Martin, que fala da vida do Comandante Richard Honkins.
Em uma das partes do livro, cita as importâncias das qualidades de um Comandante:

O Comandante também deve ter muita experiência em navio de todos os tipos, muita prática na administração dos afazeres de viagem, ter conhecimentos de navegação,
intuição e coração de marinheiro para entender seus companheiros, além de dominar a arte de mandar e saber reconhecer a covardia, seus truques e vilanias. Para mim, há mais grandeza em merecê-lo e não querê-lo do que em obtê-lo sem saber seu zelo.
Diariamente, participamos de frutos e inconveniências destes últimos, que nos trazem perda e desonra por mera incompetência encoberta pela verborragia dos panegíricos”.

Livro “A viagem do Pirata”

Recomendo a leitura deste livro, pois nos trazem muito ensinamentos, principalmente para aqueles que serão Comandantes e líderes no futuro.
Também recomendo para aqueles que se acham Comandantes e aqueles que querem Comandar navios sentados em cadeiras de escritório.

Novos Guardas-Marinha da Reserva de 2ª Classe Médicos são formados no CIAW 

Cerca 100 Guardas-Marinha foram formando no “Centro de Instrução Almirante Wandenkolk” (CIAW), no dia 1º de Abril, ao realizarem o Juramento à Bandeira Nacional, sendo presidido pelo Comandante do 1º Distrito Naval, Vice-Almirante Eduardo Machado Vazquez.
Os Oficiais fazem parte da Reserva de 2ª Classe da Marinha do Quadro de Médicos (RM2-Md), do Serviço Militar Obrigatório (SMO 2022-Turma 1) e atuarão nas áreas de Medicina Operativa, tanto a bordo dos navios como em tropa de Fuzileiros navais, hospitais navais, policlínicas e ambulatórios. Sucesso aos novos Oficiais.

RUMO CERTO.
O Capitão de Cabotagem Rommel Gomes e Gomes é um dos mestres da nossa “Universidade do Mar”, em várias matérias da área de Náutica. Gerações de Alunos já foram formadas sob seus ensinamentos.

Outro grande mestre é o Capitão de Longo Curso Garcia, cujo colunista foi seu Aluno em 1996.
Navegação é uma de suas matérias principais.

O Capitão de Longo Curso Marco Antônio Panda Carvalho feliz com seu time. Quando tá em baixa, some do mapa. Quando ganha, vira “siri na lata”.

Nosso colega de turma Ricardo de Sá Mendonça está ficando expert em assuntos de equilíbrio emocional a bordo e controle de estresse. Lançou vídeos explanando esses assuntos. Excelente.

A Capitã de Longo Curso Hildelene Lobato Bahia lançou sua Pré-Candidatura a Deputada Estadual pelo Estado do Rio de Janeiro. “Eu acredito na Força da Mulher”. Estarei na torcida pela sua eleição, pois também representa a Marinha Mercante Brasileira.

O nosso amigo Fábio Lobato, da empresa de cursos e treinamentos “Anchor”, em breve estará vindo com novidades. “Essa depois eu conto”.

O Comendador Rodrigo Agostini já em preparativos finais para a “Páscoa Solidária” que ocorrerá nesse mês, quando várias famílias terão belas surpresas, fruto do seu trabalho e esforço em conclamar os amigos a participarem. Parabéns pela atitude, Comendador

O Capitão de Mar e Guerra André Luiz Vieira Martini, Capitão dos Portos da Amazônia Oriental, vem realizando um trabalho excelente e exemplar a bordo dessa Organização Militar, que é uma das mais movimentadas do país.

Sendo cogitado o nome do Vice-Almirante (RM1) Wilson Pereira de Lima Filho para o cargo de Diretor da Antaq. Atualmente exerce a função de Juiz Presidente do Tribunal Marítimo.

O amigo desde a época de infância da Passagem Natal, médico Fábio Amaral, atua como cardiologista. Ele serviu no Exército Brasileiro prestando relevantes serviços à nação, como ainda presta aos dias atuais.

NAVEGANDO
Os armadores e estaleiros estão preocupados com a redução de alíquotas do AFRMM. Segundo eles, impactos são vistos nas mudanças das regras de arrecadação ao adicional das atividades relativas a construção naval, que hoje já não é mais a mesma. A manutenção e renovação da frota são vitais para o setor e desenvolvimento do país.

A Convenção de Busca e Salvamento no Mar da IMO (International Maritime Organization) é promulgada no Brasil. Os dispositivos dessa Convenção tratam da prestação de ajuda a qualquer pessoa em perigo no mar, independente de sua nacionalidade, condição social ou circunstâncias em que ela for encontrada.

Apesar de ser promulgada recentemente, a solidariedade do homem do mar já existia há muito tempo. O
colunista, ainda como Imediato em um navio gaseiro, atendeu ao chamado de um navio para participar da busca de um tripulante desaparecido, provavelmente se atirado ao mar, cerca de 6 horas de Fortaleza (CE). Até avião da Força Aérea participou. Infelizmente a suposta vítima não foi encontrada.

As fortes chuvas que atingiram as cidades de Angra dos Reis e Paraty (RJ), na última semana, contaram com os apoios dos militares da Marinha do Brasil. A ação faz parte do apoio logístico na região do litoral sul do Estado. O apoio também ocorre às equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Rodoviária Federal.

O porto do Rio de Janeiro teve um primeiro bimestre de 2022 positivo em relação à movimentação total de
toneladas de cargas. Entre os meses de janeiro e fevereiro, 1,5 milhões de toneladas passou pelo porto, superando em 12,6% os números em relação ao mesmo período de 2021.

A Força Aérea Brasileira realizou em 1º de Abril a Cerimônia Militar de Promoção de Graduados do Quadro
Especial de Sargentos da Aeronáutica (QESA). Essa foi a primeira solenidade de ascensão dos militares após a assinatura do documento que altera o Regulamento do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica.

O Grupo D. Pedro I, pertencente ao 32° Grupo de Artilharia de Campanha, realizou no dia 1º de Abril, Cerimônia de Formatura em Comemoração ao 62º Aniversário de sua criação, ocorrida em 06 de Abril. O evento contou com a apresentação da Bateria de Cerimonial Caiena. Foram entregues os Diplomas de “Amigo do Grupo” para personalidades civis e militares.

Para os mais novos, servindo também para os mais experientes, cuidado com pessoas envolventes, que
conseguem demonstrar o ganho de amizade, falando o que você gosta de ouvir. São pessoas de mentes
perigosas. Depois que conseguem seus objetivos, largam de mãos. Não adiantar pedir ajuda, pois farão “vista grossa”.

Conhecemos várias pessoas que atuam nesse estilo. Não tem pudor e nem vergonha. Agem como se nada lhes fosse acontecer. Pode ser que não aconteça realmente, pois temos muitas pessoas que são passivas aos fatos. Porém quando acontece, já fizeram estragos na vida de muitos outros colegas e amigos, que em alguns casos, são irreversíveis.

O colunista conhece vários nesse estilo, principalmente no campo profissional. Fingem ser seu amigo, quando precisam sabem convocar, porém o contrário, fazem valer a lei para não ajudar. Já tive casos semelhantes, não muito tempo atrás, mas isso contarei em outra ocasião. Apenas o alerta quando interagirem com pessoas assim. Leia o livro “Mentes Perigosas” de Ana Beatriz. (RM).

Fonte: (RM) ricardo.monteirobr@hotmail.com

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Um Comentário

  1. Muitas emoções!! Primeiro com o inesquecível colunista Alyrio Sabba e depois com o Túnel do Tempo!!! Parabéns!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios