Operação Poseidon/2022

Treinamento conjunto das Forças Armadas reúne aeronaves a bordo de navio da Marinha

A interoperabilidade entre as Forças Armadas brasileiras é o ponto central da Operação Poseidon/2022, que começou na segunda (04). Pela primeira vez, o Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” receberá pilotos e aeronaves da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira para exercícios de qualificação de pousos e decolagens durante navegação no mar. Ao todo, estão sendo empregados cerca de 900 militares. A Fragata “Independência” também participa do exercício.
Durante os cinco dias de operação, que acontecerá na área marítima compreendida entre as cidades do Rio de Janeiro e Cabo Frio (RJ), serão realizados diversos exercícios para ampliar o nível de interoperabilidade entre as Forças, com o objetivo de padronizar procedimentos operacionais. Estão previstos exercícios de salto livre operacional, realizado por militares de operações especiais; evacuação aeromédica (EVAM); e pick-up – atividade por meio da qual acontece a EVAM.
Aprimorar a integração entre as Forças é extremamente importante, pois assim estaremos prontos para atuar conjuntamente e, dessa forma, ampliamos ainda mais nossas capacidades militares de defesa dos domínios aéreo, terrestre, fluvial e marítimo do território nacional, incluindo a Amazônia Azul”, disse o Comandante da operação, Contra-Almirante André Luiz de Andrade Felix.
No último dia da Poseidon (9 de abril), está programado um desfile dos navios e aeronaves que integram a operação pela orla do Rio de Janeiro. Além do NDM “Bahia” e da Fragata “Independência”, participam do desfile naval o Navio-Aeródromo Multipropósito “Atlântico” e as aeronaves AH-11B (Super Lynx) e UH-15 (Super Cougar), da Marinha do Brasil, HM-4 (Jaguar), do Exército Brasileiro, e H-36 (Caracal), da Força Aérea Brasileira.
Primeiro-Tenente (RM2-T) Vanessa Mendonça Silva
Fonte: Agência Marinha de Notícias
Por (LCN) @luiscelsoborges
luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios