Centro-Sul do Brasil pode ter 4 ondas de frio em 40 dias

O frio ganha força no Sul do país nesta sexta-feira (01), e as temperaturas ficam negativas em alguns pontos da região

O frio será o grande destaque no Sul do Brasil pelos próximos dias. Nesta quinta-feira (31), boa parte do Rio Grande do Sul amanheceu com temperatura abaixo de 10 °C. Destaque foi para Quaraí (RS), que já teve mínima de 2,5°C e formação de geadas. Em Palmas (PR), a mínima foi de 8 °C. A meteorologia destaca que a tendência é que as temperaturas diminuam ainda mais nesta sexta-feira (1º).

Na madrugada desta sexta, a tendência é de temperatura negativa, entre -2 °C ou até abaixo disso, na Serra de Santa Catarina. As temperaturas negativas não devem afetar a produção agrícola, mas os efeitos do frio serão vistos em áreas tardias de milho e soja da Serra Gaúcha, e hortifrúti do interior do Rio Grande do Sul.

Não há previsão de geadas em áreas agrícolas majoritárias como a segunda safra de milho do Paraná. No entanto, é preciso ter atenção e monitoramento, já que a previsão do tempo projeta quatro ondas de frio pelos próximos 40 dias. “No início de maio podemos ter sim uma onda de frio com potencial para formação de geadas em parte do Paraná, o que pode afetar áreas de milho”, diz Celso Oliveira, meteorologista da Climatempo.

O clima frio não é exclusividade do Sul do país. A manhã desta quinta também amanheceu gelada no Centro-Oeste. A diferença de temperatura em Mato Grosso do Sul foi enorme. Foram registrados apenas 11°C em Ponta Porã (MS) enquanto que em Campo Grande, a mínima registrada foi de 24° C às 6h da manhã, horário de Brasília.

Vamos ter a primeira friagem do ano, com temperaturas baixas chegando até mesmo ao Norte do Brasil. A mínima prevista para Vilhena (RO), é de apenas 16 °C. O La Niña que vem atuando desde meados de 2020 é o grande responsável pelo frio que está a caminho, mas vale lembrar que não há chances, por enquanto, de frio histórico.

Fonte: Canal Rural

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios