Prêmio “Alyrio Sabbá” é entregue a Aluna do 3ª Ano de Náutica da EFOMM

Coluna ¨Convés Principal¨ - (CLC) - Ricardo Monteiro

O colunista entregando o Prêmio “Alyrio Sabbá” a Aluna Sthéphany.

De maneira inédita, em Cerimônia realizada no dia 06 de Dezembro de 2021, a Aluna Sthéphany Sanches de Carvalho recebeu o “Prêmio Alyrio Sabbá”, criado para homenagear o formando
que tenha se destacado na Equipe do Jornal Canal 16.
O evento, ocorrido no Auditório do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA),
tradicional “Universidade do Mar”, serviu para reconhecer e premiar os Alunos da “Escola de
Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM) que tenham se destacado durante o Período
Escolar.
O “Prêmio Alyrio Sabbá” foi criado em homenagem ao grande colunista que, por mais de meio
século, levou as informações sobre o setor aquaviário e portuário em sua coluna no jornal “O
Liberal” e no “Portal da Navegação”. Falecido em Abril de 2021, quando se recuperava da Covid19, deixou um legado de novos colunistas e saudades aos familiares e amigos.
O Prêmio contou com as participações de Comandantes, Chefes de Máquinas e Oficiais da Marinha
Mercante, da qual muito agradecemos, sendo entregue pelo colunista, com a certeza de que irá
ajudar nas suas tarefas a bordo no dia a dia, bem como no jornalismo, caso pretenda seguir essa
função.

Major (PMPA) Juniel realiza celebração com sua tropa antes da virada do ano 2022.

Major Juniel (4º da esquerda para direita) com os Oficiais da Polícia Militar.

“A união faz a força”. Essa é uma das frases que usamos em grupos e reuniões de empresas ou
instituições públicas e privadas, servindo para motivar pessoas.
Diante disso, a coluna cita importante evento realizado pelo Major Juniel Costa Maciel,
Comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar do Pará, que abrange as cidades de Ourilândia do
Norte, Tucumã e São Félix do Xingu, todas localizadas no sul do Estado.
As fotos mostram a Ceia realizada na noite do dia 31 de Dezembro de 2021 para os policiais que
trabalharam durante a virada para 2022, momentos antes de iniciarem as patrulhas, visando a
segurança pública e dos cidadãos de bens.
Muitos dos policiais saíram cedo de suas residências, não participando das ceias junto aos familiares,
em virtude das missões que viriam pela madrugada adentro.
O Major Juniel, exercendo de sua liderança e comando junto à tropa, com apoio da esposa e
familiares, realizou a ceia para aqueles que, em prol da segurança e do trabalho, estiveram nas ruas
em favor da população.
A Ceia foi um momento de confraternização e reconhecimento do Batalhão que muito defendem as
cidades da qual são parte. Para ter uma ideia, ocorrências graves ou gravíssimas na área de
policiamento não foram registradas, sendo um ponto positivo.
Parabéns ao Major Juniel, seus Oficiais e Guarnição da altaneira Polícia Militar do Pará que,
independente de data comemorativa, estão sempre nos cumprimentos dos seus deveres.

Tropa da Polícia Militar do 36º Batalhão que atuou no policiamento na virada do ano 2022.

Após a confraternização na noite do dia 31 de Dezembro, a tropa realizou sua missão de patrulhamento.

Major Juniel com seus familiares e Policiais Militares do Batalhão.

Nova turma do CIABA tem vários paraenses na adaptação 2022.

No último dia 10 de Janeiro teve início o Período de Adaptação para os novos Candidatos Alunos que
poderão cursar a “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM), em Belém (PA).
Do total de 120 candidatos, 43 são paraenses. Comenta-se no setor que para uma primeira relação,
nunca houve tantos candidatos da terrinha de ricas florestas.
Registra-se também que na lista reserva temos 63 paraenses aguardando as chamadas caso ocorram
faltosos ou desistentes durante a adaptação.
As listas podem ser consultadas no site do CIAGA, através dos links:
https://www.marinha.mil.br/ciaga/sites/www.marinha.mil.br.ciaga/files/Processo%20Seletivo/Candid
atos%20TITULARES%20-%20convocados%20para%20%20o%20CIABA.pdf
https://www.marinha.mil.br/ciaga/sites/www.marinha.mil.br.ciaga/files/Processo%20Seletivo/Candid
atos%20na%20condição%20de%20RESERVAS%20%20-%20CIABA.pdf
https://www.marinha.mil.br/ciaga/sites/www.marinha.mil.br.ciaga/files/Processo%20Seletivo/Candid
atos%20na%20condição%20de%20RESERVAS%20%20-%20CIAGA.pdf
https://www.marinha.mil.br/ciaga/sites/www.marinha.mil.br.ciaga/files/Processo%20Seletivo/Candid
atos%20na%20condição%20de%20RESERVAS%20%20-%20CIABA.pdf

Aniversariante do dia – CLC Hildelene Lobato Bahia.

Capitão de Longo Curso Hildelene Lobato Bahia

Nesta data, no retorno da coluna, a ilustríssima e nossa estimada amiga e colega Capitão de Longo
Curso Hildelene Lobato Bahia completa ano, nascida no Distrito de Icoaraci, em Belém do Pará.
A Comandante entrou em 1997 na “Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante” (EFOMM)
do “Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar” (CIABA), formando-se em 2000 na primeira turma
de mulheres Oficiais.
Também tem em seu currículo o fato de ser a primeira Comandante feminina da Marinha Mercante
Brasileira e cursado a “Escola Superior de Guerra” (ESG).
Feliz aniversário, Hildelene. Muita paz, saúde, fé e esperança!

Pelo seu especial conteúdo, publicamos na íntegra mensagem do CLC Antônio José Filo Creão Garcia.

“Em um primeiro contato de início de ano novo posso dizer que nossa Marinha Mercante Brasileira
nunca foi radiografada de tão perto como agora e ainda mais, por profissionais que tem um amplo
domínio de suas atividades.
Tenho a grata satisfação de vê-lo como uma dessas pessoas, Monteiro. Quero também ler sua
autobiografia, para que aqueles que porventura não o conheçam direito possam além de apreciar a
matéria escrita, também conheçam o nível de quem escreve.
Sucesso nas vindouras matérias de 2022 e que sejamos brindados, como leitores dos conteúdos que
já estão numa sequência admiradora. Bravo Zulu sempre!”

Rumo Certo

A Capitã de Mar e Guerra (MD) Mônica Medeiros Luna que em breve estará deixando o Cargo de
Diretora do “Hospital Naval de Belém”, durante dois anos atuou com maestria no combate ao
Covid-19.

O Capitão de Mar e Guerra Josué Fonseca Teixeira Júnior também estará passando o Comando do
CIABA, após um brilhante Comando que deixará saudades.

Os colunistas Luiz Omar Pinheiro e Ricardo Monteiro, ainda com menos de um ano na área
jornalística e informativa, em breve estarão recebendo importante Prêmio.

O Prático Marcelo Salgado, da Praticagem “Pará River Pilot”, na área de Belém e Vila do Conde,
em breve estará trazendo novidades em nosso setor. Aguardem para conferir.

O Capitão de Mar e Guerra (IM) Luiz Claudio Otranto Alves é outro amigo do colunista que estará
deixando nossa cidade, quando passará o cargo de Diretor do “CeIMBe”.

O Clube Rotary Satélite Rio Comprido Vésper fechou o ano de 2021 com várias atividades e ações
realizadas em favor da humanidade. Parabéns a Presidente Patrícia Magluta e rotarianos.

O CIABA conta com um excelente corpo de Oficiais e Praças que contribuem para o bom
andamento da rotina dessa instituição.

Recebido atencioso convite para a Passagem de Comando do “I Esquadrão de Helicópteros de
Emprego Geral do Noroeste” do amigo Capitão de Fragata Luiz Guilherme Martins Bueno de
Paiva.

O Capitão de Longo Curso Rommel Gomes e Gomes, professor do CIABA, pelo carinho que tem
com os Alunos, foi o Paraninfo da Turma “Drakkar”, formada recentemente.

O Capitão de Longo Curso Luciano Rodrigues já se encontra em viagem de retorno ao Brasil,
após magnífica operação nos Estados Unidos. Eles deixaram o porto no dia 05 de Janeiro.

NAVEGANDO

O Livro “Marinheiras e Brejeiras IV – Mais de uma em cada porto”, do grande amigo Capitão de Longo Curso
Francisco César Monteiro Gondar, traz o seguinte texto em Nota do Autor: “A vida no mar nos oferece lições
preciosas e o confinamento a bordo desperta nos marinheiros o sentido de tornar seus dias mais alegres, leves e
menos estressantes. A autoestima e o bom humor em uma embarcação são pontos fortes e relevantes, que
levantam o moral de uma tripulação”. Recomendo a alguns colegas.

Ainda do livro: “Os navios mercantes levam cargas e esperanças e são conduzidos por pessoas muitos especiais,
bem preparadas profissionalmente e dotadas de uma capacidade ímpar de manter a calma e o equilíbrio, nas
mais variadas e difíceis circunstâncias”. Por isso que sempre digo que o aquaviários em geral, seja marítimo,
fluvial ou lacustre, têm que ser respeitados em suas instituições de trabalho. Mas…

O Navio-Veleiro “Cisne Branco” recentemente retornou de uma de uma grande viagem: Comissão de Divulgação
da Regata “Velas Latinoamérica 2022” ao atracar na Base Naval do Rio de Janeiro (RJ) em 19 de Dezembro de
2021. Esse grandioso evento será coordenado pela Marinha em celebração aos 200 anos da Independência do
Brasil. Grandes veleiros estarão em portos nacionais. A divulgação teve início em agosto, nos vários portos dos
países latinos.

A Força Aérea Brasileira (FAB) reforçou apoio às vítimas das enchentes na Bahia nos últimos dias. Desde o dia 11
de Dezembro, diversas aeronaves foram empregadas em auxílio aos municípios atingidos, transportando
alimentos, medicamentos e pessoal militar. Foi uma das primeiras instituições a prestar serviço e apoio às cidades
castigadas. Para quem acha que Forças Armadas só servem para guerra, aí está um grande exemplo de ajuda
humanitária.

Outro grande exemplo veio do Exército Brasileiro. O Comando Militar da Amazônia, representado pelo “4º Centro
de Geoinformação” (4º CGEO) realizou a entrega de cestas básicas através da Campanha “Ajudar está em nossas mãos”, realizada na cidade de Manaus em 23 de Dezembro. A instituição beneficiada foi a Associação dos Idosos de Coroado (ASSIC), que fica no bairro Coroado II.

Ainda sobre a ajuda a população baiana, o Clube Satélite Vésper está participando ativamente no envio de
doações que vieram de Paulo de Frontein. Em conjunto com a Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro, os
preparativos dos envios dos materiais arrecadados estão sendo encaminhados para a Bahia. São as instituições
civis e militares, públicas e privadas se unindo em prol daqueles que no momento necessitam de apoio.

Magnífica matéria foi realizada pela “Rede TV” de Belém sobre a formação dos Salva-Vidas do Corpo de
Bombeiros Militar do Estado do Pará. O jornalista Antônio Cattete participou das reportagens, fazendo parte do
grupo em alguns treinamentos. O curso não é um dos mais fáceis e exige preparo e vocação dos militares que
atuam no sentido de preservar a vida humana.

Tristeza muito grande ocorrido em Santana do Araguaia sobre o naufrágio de uma embarcação no mês de
dezembro, resultando em perdas de vidas, inclusive de um bebê. A Capitania dos Portos e os Órgãos de
Segurança Pública sempre atuam no sentido de salvaguardar a vida humana nos meios hídricos, porém os
usuários precisam colaborar fazendo sua parte, pois segurança é obrigação de todos. Segundo informações, as
pessoas não usavam os coletes salva-vidas.

A Polícia Militar do Pará, em conjunto com a Polícia Civil, atua nos rios da nossa região amazônica no combate a
criminalidade. No último dia 05 de Janeiro apreenderam embarcação contendo drogas ilícitas. Os entorpecentes,
cerca de 400 quilos de oxi, avaliados em R$ 10 mil, estavam próximos da vila Ponta Negra, no município de
Muaná, no Arquipélago do Marajó. Tinha como destino o nordeste do Pará, provenientes do Amazonas. Quatro
suspeitos foram presos. Parabéns aos policiais.

A coluna “Convés Principal” retorna com novas notícias após um período de pausa. Conclamo nossos leitores a
sempre participarem com notícias sobre nosso setor. Ficam os meus agradecimentos a todos que, direta ou
indiretamente, contribuíram para que pudéssemos ter reconhecimento nacional. Esperamos nesse ano
corresponder a todos. Email do colunista: ricardo.monteirobr@hotmail.com (RM).

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios