ANA e Marinha, assinam parceria para construções de duas embarcações

Defesa, Aérea e Naval

Na tarde da terça-feira, 28 de dezembro, a Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) e a Marinha do Brasil assinaram o Termo de Execução Descentralizada (TED) no valor de R$ 1,019 milhão. Com vigência até 28 de dezembro de 2023, a parceria consiste no apoio da Diretoria de Engenharia Naval da Marinha à gestão da construção e entrega de duas embarcações que serão utilizadas pela ANA na operação das estações de monitoramento da Rede Hidrometeorológica Nacional (RHN) na Amazônia.

A parceria com a Diretoria de Engenharia Naval se deu pelo fato de a instituição ser referência nacional em projeto e execução de embarcações de alta complexidade. Além disso, as embarcações em construção são essenciais ao monitoramento das águas da bacia Amazônica, onde o transporte é predominantemente por meio dos rios, representando um grande desafio logístico para a Rede Hidrometeorológica Nacional, coordenada pela ANA.

Participaram da assinatura o diretor da ANA Vitor Saback; o contra-almirante e diretor de Engenharia Naval da Marinha, Marcio Ximenes Virgínio da Silva; o superintendente de Administração, Finanças e Gestão de Pessoas da ANA, Luis André Muniz; o superintendente de Gestão da Rede Hidrometeorológica da Agência, Marcelo Medeiros; entre outros representantes.

ANA e a RHN

Sob responsabilidade direta da ANA, a Rede Hidrometeorológica Nacional é composta por mais de 3 mil pontos de monitoramento de níveis, vazões e qualidade das águas de rios e chuvas em todo o Brasil, sendo o maior serviço de monitoramento das águas da América Latina. A RHN ainda agrega mais 2 mil estações do setor elétrico e centenas de outras operadas pelos estados. Presente no País como serviço público federal há mais de 100 anos, a Rede Hidrometeorológica é a base central de dados para a gestão das águas, infraestrutura, agricultura, saneamento, transporte e para a segurança hídrica nacional.

Todo o acervo de dados da Rede é disponibilizado pela ANA em seu portal Hidroweb, também disponível em aplicativo para dispositivos móveis, que pode ser baixado via Play Store (Android) e App Store (iOS). Para visualizar os dados das estações telemétricas (em tempo real), acesse: www.snirh.gov.br/hidrotelemetria. Já as séries históricas das estações convencionais estão disponíveis em: www.snirh.gov.br/hidroweb/serieshistoricas.

FONTE: Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM)

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios