SALVE 13 DE DEZEMBRO. DIA DO MARINHEIRO.

Coluna ¨Convés Principal¨-CLC - Ricardo Monteiro

A minha, a sua, a nossa Marinha.

“Como o Homem só vale pelo seu caráter, também os navios só tem força pelos Homens que o
tripulam”.
A frase que consta no livro “Almirante Marquês de Tamandaré” de autoria do também
Almirante de Esquadra Arlindo Vianna Filho reflete bem as características dos homens que se
lançam ao mar, seja na Marinha de Guerra ou na Marinha Mercante.
Nesta data, em que se comemora o Dia do Marinheiro, um dos grandes Homens de verdade da
história foi o Patrono da Marinha do Brasil, Almirante Joaquim Masques Lisboa, cujo nascimento
ocorreu em 13 de Dezembro de 1807, na antiga Vila do Rio Grande, na mesma Província de São
Pedro do Rio Grande.
O seu pai, Francisco Marques Lisboa, Patrão-Mor da barra de Rio Grande, fez o menino se orgulhar
desde cedo, convivendo com os marujos e demonstrando o fascínio pelo mar, da qual viria a ser
um dos grandes heróis da nação brasileira.
Uma das brilhantes frases, constantes no Capítulo 2 do livro, Tamandaré mostra seu valor e
patriotismo:
“Honre sua Pátria, defende-a em qualquer terreno, em qualquer ocasião e sem
vacilações. Honre a família e mantenha o seu nome no grau mais elevado. Obedeça às
leis e regulamentos. Respeite os seus Superiores e não maltrate os subalternos. Se for
injusto, seja por ter perdoado, nunca por ter castigado.”

“A inspiração e a hombridade, a previsão e a liderança de Homens como o Almirante Tamandaré,
e ninguém mais que ele, motivam as formidáveis energias da Pátria.”
“Marinheiros, brasileiros, somos os herdeiros de Tamandaré. Neste sentido, ele viverá sempre nos
conveses de nossos navios. Que distâncias poderemos navegar que não estejam contidas na
extensão de seus ideais? Que esperanças, que sonhos, que anseios e presunções, que amores,
que horizontes e verdades podem estar além de sua visão?
Sejamos um Almirante Tamandaré na alma e no coração.
Parabéns aos marinheiros, fuzileiros navais e servidores civis da Marinha do Brasil.
Viva a minha, a sua, a nossa Marinha!

A Marinha Invicta de Tamandaré.

TESTAMENTO DO ALMIRANTE TAMANDARÉ.

MEDALHA DE MÉRITO TAMANDARÉ.

“Aqui jaz o velho marinheiro”.

Nesta data, diversas personalidades civis e militares serão agraciadas com a Medalha do Mérito
Tamandaré. Entre elas citamos o Capitão de Longo Curso da Marinha Mercante Brasileira
Joselito Câmara.
A Comenda foi criada pelo Decreto 42.112, de 20 de Agosto de 1957, como forma de homenagem
ao Patrono da Marinha do Brasil, sendo assinada pelo Presidente Juscelino Kubitschek e o
Almirante Antônio Alves Câmara.
A condecoração é destinada a agraciar autoridades, instituições e pessoas civis e militares,
brasileiras ou estrangeiras, que tenham prestado relevantes serviços, no sentido de divulgar ou
fortalecer as tradições da Marinha do Brasil, honrando seus feitos ou realçando seus vultos
históricos.

Medalha de Mérito Tamandaré.

NAVEGANDO

O Presidente da “Associação Internacional da Paz” (AIEB-Brasil), Comendador Rodrigo Agostini recebeu a honrosa
Moção “Título de Nombreamento” Comendador da Casa Real e Imperial Medieval de Bender. Por tudo que vem
realizando pela nossa nação, o título é merecido. Parabéns, Comendador! Sucesso reconhecido.

O Capitão de Longo Curso Francisco Cesar Monteiro Gondar, impossível como sempre, além de ser Comodoro da
Marinha Mercante Brasileira, também é mestre na arte da poesia e crônicas, além de ser escritor. Recentemente
recebeu mais duas premiações. Depois contaremos com mais detalhes.

Bastante criticada está sendo a PL 4.1999/2020, a famosa “BR do Mar”. O texto original foi modificado em relação
ao original proposto pelo Governo Federal. Muitos setores estão se sentindo desprezados, entre eles os
marítimos e os estaleiros.

O Capitão de Longo Curso José Menezes Filho, participou da Missa de Benção das Espadas dos Aspirantes da
Escola Naval, realizada no dia 10 de dezembro na Igreja da Candelária, que foi celebrada pelo Capelão Naval
Chefe Odécio Lima de Souza.

O Capitão de Mar e Guerra (RM1) Fábio da Silva Andrade, que Comandou a “Universidade do Mar” – CIABA,
sempre teve o carinho do jornalista Alyrio Sabbá e um tratamento de primeira. Todavia em que dava os seus
“bordejos” pelo CIABA, deixava claro os comentários.

Por falar em Alyrio Sabbá, o Coronel da Reserva da Polícia Militar do Pará, Wladimilson Godinho de Moraes Filho,
lembrou que o jornalista foi Secretário de Justiça do Governador Almir Gabriel. O então Praticante Oficial de
Náutica Ricardo Monteiro, na Cerimônia de Formatura realizada em 04 de Julho de 1997, recebeu o “Prêmio
Governo do Estado do Pará” das mãos do Exmo. Sr. Almir Gabriel.

O Sr. Marcus Lisboa, que se formou na EFOMM, também é Consultor da “Associação Regional de Empresas do
Setor de Petróleo, Gás e Combustível na América Latina e Caribe (ARPEL), além de inspetor credenciado dos
Clubes de P&I no Brasil, além . Ele que recentemente participou dos eventos em Belém da Passagem de Comando
do 4º Distrito Naval e Inauguração do Planetário no CIABA, onde prestigiou o seu mentor e grande amigo
Comandante Menezes.
Medalha de Mérito Tamandaré.

Emocionante foi a última reunião do ano do Clube Satélite Vésper. O convidado especial foi o ex-morador de rua
e atualmente escritor Leo Motta, que contou sua vida de superação. Um grande exemplo para as pessoas que
não acreditam que podemos mudar. A presidente Patrícia Magluta acertou um “golaço”.

Os Alunos do Curso de Política e Estratégia Marítimas (C-PEM) da Escola de Guerra Naval (EGN), composta de 41
Oficiais-Alunos e 2 servidores civis, visitaram instituições Militares e Civis em Washington (Estados Unidos), nos
dias 29 e 30 de Novembro. O Oficial da Marinha Mercante que estava escalado para realizar o referido curso,
infelizmente não pôde participar em virtude da recusa da empresa a qual pertencia em liberá-lo.

Dos Alunos que ser formaram da Turma “Drakkar”, vários mantém contato com o colunista. Entre os principais
estão os nossos amigos Fábio e Coelho, que devem estar comemorado até hoje o brilhantismo de chegar ao fim
num dos cursos de formação de Oficiais bastante puxados. Que venha a Praticagem agora.

Analistas consideram que informações sobre variante “Ômicron” ainda são preliminares. Contudo a 4ª onda não
assusta, mas acende alerta para as tripulações. Aguardaremos para ver o desenrolar ao longo do tempo.

Outra instituição contra a “BR do Mar”. A “Associação Brasileira dos Terminais Portuários” (ABTP) alega no
momento que havia o compromisso do Governo Federal de que o PL seria mantido. Para a associação, falta de
sensibilidade ao tema pela pasta econômica, considerando que o impacto do regime para a União é baixo.

O Prático da ZP3, Marcelo Salgado, que faz parte da “Pará River Pilot” é um verdadeiro gentleman. Foi muito bom
rever o amigo. A última vez que nos encontramos foi a bordo do NT “Oscar Niemeyer”, na desatracação e saída
do Terminal de Miramar, porto de Belém, em 2016. Saudades dessa época.

Hoje, às 19h no Canal da Marinha no youtube ocorrerá a apresentação da Banda Sinfônica do Corpo de Fuzileiros
Navais e diversas outras atrações, fazendo partes das celebrações do Dia do Marinheiro. O evento estará sendo
transmitido direto da Fortaleza de São José da Ilha das Cobras. Chame a família para assistir. Valerá a pena.

A coluna recebeu atencioso elogio do Sr. Edson Sabbá, responsável pelo “Portal da Navegação” e filho do nosso
saudoso mestre Alyrio Sabbá. Segundo ele, está a cada dia melhor. O aprendizado foi com um dos maiores
jornalistas do setor que tivemos, onde até os dias de hoje, com muita saudade, relemos a sua coluna que esteve
no ar por mais de 50 anos.

Fonte: (RM). ricardo.monteirobr@hotmail.com

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiuscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios