Comodoros brasileiros repudiam Programa BR do Mar

Coluna Navegação em Foco - (LOP) - Jornal O Liberal - Domingo

Os Comodoros da Marinha Mercante Brasileira publicam nota de repúdio à emenda no. 6(28 – Plen) do Senado Federal ao PL 4199/2020 que reduz a apenas 1/3 a fração de tripulantes brasileiros exigida em embarcações cujos armadores aderirem ao Programa BR do Mar. Tal proposição representa risco à continuidade da atividade profissional marítima nacional,pois a ascensão de carreira a bordo dos navios só é alcançada com o cumprimento de anos de serviço no mar, não sendo possível atingir o tempo de embarque necessário com apenas 1/3 dos postos franqueados a brasileiros.
O texto de autoria do Governo Federal que foi aprovado na Câmara de Deputados assegurava a participação de 2/3 de marítimos brasileiros, sendo obrigatoriamente brasileiros o comandante e o chefe de máquinas. A alteração introduzida no Senado Federal que reduziu o emprego de marítimos nacionais resultará também em severas restrições à possibilidade da evolução na carreira de nossos marítimos, perda de expertise e conseqüentemente rompimento na cadeia de conhecimentos e experiências necessárias à existência de um rol de tripulantes nacionais capacitados e habilitados, segundo a legislação específica para a atividade.
É importante diferenciar a navegação de longo curso da navegação de cabotagem. A primeira foi completamente aberta e o Brasil não possui capacidade para participar no comércio mundial com navios de bandeira nacional, apesar de sua significativa participação na produção de commodities minerais e agrícolas que dependem essencialmente de navios para serem comercializados. Em águas nacionais, a cabotagem é a nossa navegação doméstica, essencial para manter a segurança alimentar da nossa população e o abastecimento de combustíveis em nossas principais cidades.
A Marinha Mercante com navios de bandeira brasileira, tripulados por marítimos nacionais, possui papel estratégico na defesa dos interesses da Nação, e para tanto, necessita formar e aperfeiçoar seus tripulantes realizando as atividades a bordo dos navios.
Consideramos que a redução na participação de marítimos brasileiros na atividade marítima que ocorre em águas nacionais, imposta pela emenda, além de deixar de empregar brasileiros, levará o Brasil a se tornar dependente de outros países que atuam na atividade marítima, seja no fornecimento de navios, seja no fornecimento de tripulantes.

Assinam este documento os Comodoros da Marinha Mercante Brasileira abaixo relacionados:
CLC/Comodoro Francisco Cesar Monteiro Gondar
CLC/Comodoro Roberto Luiz do Nascimento
CLC/Comodoro Ronaldo Cevidanes Nunes Machado
CLC/Comodoro José Menezes Filho
CLC/Comodoro Joaquim Ferreira de Sousa
CLC/Comodoro Rui Luis Schmidt Fellipe
CLC/Comodoro Sergio Marçal Franco
CLC/Comodoro José Willian Mendes Andrade
CLC/Comodoro Francisco Moreira Neto
CLC/Comodoro Antônio Mario Conor de Oliveira
CLC/Comodoro Paulo Cezar Souza Di Renna
CLC/Comodoro Renato Ramos Diniz
CLC/Comodoro Jayme Ribeiro Branco
CLC/Comodoro Lucival Gonçalves de Alcântara

Professor da Marinha lança livros

Doutor Edson Mesquita, Professor da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante, do Centro de Instrução Almirante Graça Aranha, e do Curso de Atualização para Práticos desde a sua origem. Sempre guardou as anotações de sala de aula, ao longo dos seus 30 anos como professor, até o momento em que elas alcançaram o tamanho de um livro, na verdade, de dois. As anotações que antes eram feitas de forma manuscritas, com o passar do tempo foram transcritas para o computador. As obras “A manobrabilidade do navio no século 21” e “Princípios de hidrodinâmica e a ação das ondas – sobre o movimento do navio” despertaram cedo o interesse do público, que, antes mesmo do lançamento marcado para 14 dezembro, em Brasília, queria saber como comprá-los. E não é para menos. Sem perder o caráter técnico, o autor teve a preocupação de tornar o conteúdo compreensível mesmo para um leigo, que consegue ter uma boa ideia em cada capítulo do quão complexo é pilotar um navio, ao contrário do senso comum, como o leitor perceberá nas linhas a seguir. Apoio da Praticagem do Brasil. O serviço de venda dos livros será divulgado nesta semana.

Almirante Alipio Jorge, em conversa com os colunistas

Luiz Omar Pinheiro, Ricardo Monteiro, Almirante de Esquadra Alípio Jorge e Luís Celso Borges

O Comandante de Operações Navais da Marinha do Brasil, Almirante de Esquadra Alípio Jorge, que esteve na última segunda-feira em Belém para presidir a Cerimônia de Posse do novo Comandante do 4º DN Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, aproveitou a oportunidade para conversar com os colunistas Luiz Omar Pinheiro, Ricardo Monteiro e Luís Celso Borges, que são responsáveis pelas informações e notícias do setor marítimo.

Mares & Rios

O novo Comandante do 4º Distrito Naval, Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa, esteve à frente da ação “Natal dos Ribeirinhos”, realizada ontem, no restaurante “Saldosa Maloca” na ilha do Combu. O evento contou com o apoio da SOAMAR-PA, que se fez presente com um número expressivo de Soamarinos e do Presidente Relton Pinto.

Hoje, a partir das 07h30, acontece a 3° Regata do Campeonato Paraense de Remo com chegada no complexo Ver-o-Rio. A grande atração será a volta da disputa do Oito Gigante Feminino. Excelente opção de lazer para este domingo.

É amanhã, dia 13 de dezembro, é o dia do Marinheiro. A data será comemorada pela Marinha do Brasil com cerimônia realizada na Base Naval de Val de Cães e presidida pelo Comandante do 4º DN, Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa.

O Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil conduziu, de forma inédita, o Estágio de Preparação Específica de Militares do Sexo Feminino para Missão de Paz (EPESFMP). O estágio (piloto), coordenado e supervisionado pelo Comando de Operações Terrestres e sob a orientação técnico-pedagógica do Departamento de Educação e Cultura do Exército Brasileiro.

Fonte: (CNF) (LOP) luizopinheiro@gmail.com

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios