Porto do Pecém confirma tendência de crescimento e atinge pela primeira vez marca de 20 milhões de toneladas movimentadas

Resultado histórico para o terminal portuário cearense foi obtido com o fechamento do mês de novembro

Pelo quarto mês seguido mais de dois milhões de toneladas foram movimentadas no terminal portuário do Pecém em um único mês. Em novembro desse ano, os desembarques somaram 1.556.667 toneladas e os embarques finalizaram com 740.729 toneladas. No total, registrou se a movimentação de 2.297.396 toneladas (t) – o melhor movimento mensal já registrado no Porto do Pecém.

O resultado representa um crescimento de 10% em relação ao mês anterior (outubro/2021 – 2.095.848 toneladas). Na comparação com o mesmo período do ano passado (novembro/2020 – 1.464.294 toneladas), o percentual é ainda maior, aproximadamente 56% de crescimento Movimentação Mensal do Porto do Pecém (2° semestre de 2021)

Julho/2021 = 1.621.442 tons

Agosto/2021 = 2.161.698 tons

Setembro/2021 = 2.190.896 tons

Outubro/2021 = 2.095.848 tons

Novembro/2021 = 2.297.396 tonsCom o fechamento do mês de novembro, o terminal portuário cearense obteve um resultado histórico: 20.405.383 toneladas movimentadas entre janeiro e novembro de 2021 – crescimento de 41% em relação ao mesmo período de 2020, quando foram movimentadas 14.458.128 toneladas.

Estamos vivendo o melhor momento da história do Porto do Pecém, desde que o nosso terminal foi inaugurado em março de 2002. Movimentamos mais de 20 milhões de toneladas de cargas em onze meses de um ano que ainda não acabou. Ou seja, já superamos o nosso melhor ano e temos a expectativa de fechar 2021 com mais de 22 milhões de toneladas movimentadas” afirma Danilo Serpa – Presidente do Complexo do Pecém.

Na movimentação acumulada de 2021, os embarques somaram 6.583.475 toneladas – crescimento de 37% em relação ao mesmo período de 2020 (jan/nov-2020: 4.788.666 toneladas). Já os desembarques totalizaram 13.821.908 toneladas, aumento de 43% na comparação com os onze primeiros meses do ano passado (jan/nov-2020: 9.669.462 toneladas), confirmando, portanto, a vocação do Porto do Pecém como portão de entrada de cargas para as regiões norte e nordeste do Brasil.

Fonte: Logística e Negócios 

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios