4º DISTRITO NAVAL TEM NOVO COMANDANTE

Coluna Navegação em Foco (LOP) - Jornal O Liberal

Em solenidade realizada ontem, no Centro
de Instrução Almirante
Braz de Aguiar (CIABA), o Vice-Almirante
Edgar Luiz Siqueira
Barbosa tomou posse
como Comandante do
4º DN, em substituição
ao também Vice-Almirante, Valter Citavicius
Filho. A solenidade foi
presidida pelo Almirante-de-Esquadra Alípio Jorge, Comandante
de Operações Navais
da Marinha do Brasil.
A cerimônia teve a
presença de membros
de Forças Armadas e
Forças auxiliares, além
de representantes dos
Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo. Chamou a atenção a grande
presença de Almirantes.
Ao todo foram oito: além
dos Almirantes Edgar,
Valter e Jorge, estiveram
presentes o Almirante Olsen, futuro Comandante de Operações Navais; Almirante Puntel e
Almirante Nazareth, Ministros do Superior Tribunal Militar; do Vice-Almirante Salgueirinho, Diretor de Portos e Costas;
e Vice-Almirante Lima
Filho, Presidente do Tribunal Marítimo. Também participaram do evento o
Major-Brigadeiro do Ar
Maurício de Medeiros e
um número expressivo
de Soamarinos.
Na oportunidade
também foi inaugurado o Planetário que será
utilizado para o aprendizado dos alunos do
CIABA. 

Vice-Almirante Valter e a esposa Marly, Vice
Almirante Edgar com a esposa Geórgia

Sra. Marly Câmara, Vice-Almirante Salgueirinho e Milva Rebello

Vice-Almirante Edgar, Hermógenes Pessoa e Helton Osvaldo Pinto

Comandante Santiago, Vice-Almirante Lima Filho e Comandante André Luiz.

Luiz Omar Pinheiro e o Comandante do I COMAR, Mojor-Brigadeiro Maurício Medeiros

Haroldo Chagas (Sindicatos dos Marinheiros), Vice-Almirante Edgar e Rodolfo Nóbrega (Federação dos Marítimos)

Juiz Federal José Mauricio, Milva Rebello e Miguel Salgado

MARES & RIOS

O Comandante Rodolfo Nóbrega, Presidente da Federação dos Marítimos do Estado do Pará, lamentou
a Federação e os Sindicatos dos Marítimos Fluviais não terem participado
do I Fórum para o Desenvolvimento
da Navegação Interior, realizado na
última quarta-feira. A classe marítima é de suma importância para a
segurança da navegação.

O Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante (SINDIMAR) está preocupado com a
aprovação do BR do Mar com o atual
texto. O projeto está em tramitação no Congresso Nacional e tem o
objetivo de aumentar o transporte
marítimo, permitindo que empresas estrangeiras possam ampliar a
operação na cabotagem.

Como se essa participação hoje fosse reduzida, o que não é verdade. Cerca de 95% dos navios que
operam na cabotagem são feitos por
empresas sob controle estrangeiro,
sendo que duas dessas empresas –
Aliança e Mercosul Line – movimentam 70% dos contêineres na costa
brasileira e são controladas por dois
grandes conglomerados da navegação mundial sediados na Europa.

Talvez por conta disso, os controladores estrangeiros da Mercosul Line não saibam que, no Brasil,
é cobrado o passaporte da vacina, e
o protocolo de combate à covid-19
dentro dos navios da empresa não
necessita de exageros para ter resultados eficazes.

No último final de semana,
Barcarena sediou o Campeonato
Regional Norte de classe Laser e teve recorde de participantes, com 36
velejadores na praia do Caripi. A iniciativa faz parte do projeto “Venha
Navegar na Amazônia’’.

Mais uma vez, nossa coluna
recebe os melhores elogios ao catamarã Salmista, do Comandante Josimar, da Ferreira Navegação. Além
do conforto e pontualidade, chama
a atenção a preocupação com a segurança por parte dos tripulantes.
Uma equipe da TV Liberal esteve
em Ponta de Pedras, no Marajó, no
fim de semana, acompanhando a
19º Corrida do Cavalo Marajoara e
constatou tudo.

Fonte: (CN) (LOP) luizopinheiro@gmail.com

Por (LCN) Segui no Twitter: @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios