Suboficial da Marinha é morto a tiros ao participar de operação no Rio Uatumã

Ataque de piratas na região próxima à Itacoatiara.

Foto: Márcio Costa/ AmEmPauta

Policiais civis, militares e membros da Marinha estiveram na manhã deste domingo na balsa que foi abordada na madrugada e de onde partiram os tiros que mataram o militar e feriram outro

Um suboficial da Marinha do Brasil morreu com um tiro na madrugada deste domingo quando participava de uma operação no Rio Uatumã. Durante todo sábado foram muitas as denúncias de ataque de piratas na região próxima à Itacoatiara.  

As informações são o que ao se aproximar de um comboio de balsas de combustível, os militares que estavam em uma lancha identificada e fardados foram recebidos a tiros, sendo que um atingiu o sub oficial que comandava a lancha. Houve troca de tiros entre militares e os tripulantes do comboio, sendo que outro Militar da Marinha também acabou ferido. A informação foi repassada ao site AmEmPauta pelo investigador da Polícia Civil José Maria Castro,  juntamente com uma equipe da especializada irá até o comboio de balsa de combustível para colher mais informações e aprender as armas. 

Zé Maria informou ainda que o inquérito será comandado pela Justiça militar e que o corpo do Militar e será enviado a Manaus para perícia. Um outro componente da Marinha do Brasil está no hospital Jofre Cohen recebendo atendimento.

O site apurou ainda que o corpo do militar está em um navio da Marinha no porto de Parintins que será levado para Manaus em um helicóptero da força armada.

Corpo do suboficial da Marinha chega ao IML de Parintins. Foto Antônio Jose/AmEmPauta

Fonte: AmEmPauta.com.br

Por (LCN) @luiscelsoborges – luiscelsoborges@hotmail.com

A Marinha do Brasil por meio do comando de 9 º Distrito Naval publicou nota no final da manhã deste domingo sobre a ocorrência no Rio Uatumã onde dois militares foram atingidos a bala, sendo que um faleceu no local. A nota não informa o nome dos militares alvejados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios