Fuzileiros Navais realizam exercício de ADEST-EQ-RIB, em Terra Alta

Coluna Navegação em Fogo - (LOP) - Jornal O Liberal, quinta-feira

O 2° Batalhão de Operações Ribeirinhas (2oBtlOpRib), que tem como
comandante o Capitão de Fragata
Fuzileiro Felix realizou, no período
de 24 de outubro a 05 de novembro,
o Adestramento de Equipes Ribeirinhas (ADEST-EQ-RIB), na região de
Terra Alta. Este treinamento teve
como finalidade manter a prontidão operativa dos fuzileiros navais
na Amazônia Oriental.
As instruções ministradas durante o exercício foram direcionadas para as ações militares terrestres desencadeadas em proveito de
operações ribeirinhas e terrestres
de caráter naval.
Como parte do evento, foram realizadas diversas instruções, tais como: orientação/navegação diurna e
noturna, primeiros socorros, comunicações, técnicas de ação imediata
(TAI), tiro de combate com fuzil, pista de aplicação, tiro instintivo, natação utilitária, marcha administrativa, patrulha, operações militares
em área urbana, entre outras.
A realização do ADEST-EQ-RIB
foi essencial para a qualificação e
desenvolvimento profissional dos
fuzileiros navais no ambiente ribeirinho, pois permite que o batalhão
mantenha as suas subunidades
prontas para atuarem diuturnamente no Teatro de Operações da
Amazônia Oriental.

CAPITÃO DOS PORTOS VISITA SEDE DA PRATICAGEM

Hoje, no “Recordar é Viver”, vamos
relembrar a visita do então Capitão
dos Portos, CMG Renato Miranda
Monteiro, à sede da APBAM, em
março de 1976. Na época, ele estava
deixando o Comando e foi acompanhado do substituto, CMG Heraldo
Martins. Vale destacar que o Comandante Renato Miranda chegou a ser
Almirante de Esquadra, posto máximo da Marinha do Brasil.
Na foto da esquerda para direita,
vemos: Práticos Verissimo e Hugo
Botelho; advogado Miguel Serra;
CMG Heraldo Martins; Prático Lairton Rebelo; CMG Renato Monteiro;
Pratico Hozana; Pratico José Maria
de Carvalho; Prático Miguel Lessa; e
Prático Leonan Marinho. Destaque,
ainda garoto, Ailton Rebelo, filho do
Prático Lairton.
Os Práticos fundadores da extinta
APBAM – Associação de Praticagem
da Bacia Amazônica – tinham orgulho de falar que foi fundada, em 1970,
por incentivo da Marinha do Brasil, especialmente do então comandante da
Capitania dos Portos do Pará e Amapá,
CMG José Maria Barreira da Fonseca.
Considerado o patrono da associação,
foi homenageado com a chegada da
segunda lancha, utilizada nos serviços de praticagem em Fazendinha/AP,
batizada com o nome dele.

O então comandante Capitão dos Portos, CMG Renato Miranda Monteiro,
visitou a APBAM antes de chegar ao comando da Marinha do Brasil.

MARES & RIOS

Ontem, foi celebrado os 199 anos da Esquadra
da Marinha do Brasil. Reverenciamos as conquistas alcançadas pelas gerações passadas e celebramos a renovação de nossa vocação marítima, materializada por meio de um Poder Naval guardião
da Pátria e da nossa Soberania. BRAVO/ZULU!

Nesse mês de novembro, a fachada do prédio
do I COMAR, que está completando 80 anos em
2021, vem sendo iluminada à cor azul, dando destaque à campanha “Novembro Azul” que combate
o câncer de próstata.

Um trágico acidente aconteceu na terça passada, próximo ao porto da Arapari, em Belém. Um
homem que fazia o serviço de bate-estaca desapareceu no rio Guamá. Segundo testemunhas, ele pediu socorro ao pai, informando que estava preso a
algo. O corpo de Alexandre Souza foi encontrado
por moradores da área e foi levado para o IML.

Hoje, o palestrante do XXI CEPE, da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra
– ADESG-PA, é o Major-Brigadeiro do Ar, Maurício
Augusto Silveira de Medeiros, comandante do I
COMAR. O evento é presencial. O tema é “Missão
e Organização”.

A SOAMAR-PA oferece, hoje, no Manjar das
Garças, um jantar de despedida ao Vice-Almirante Valter Citavicius Filho que, no próximo dia 6
de dezembro, estará deixando o Comando do 4º
Distrito Naval. Na oportunidade, serão dadas as
boas-vindas ao futuro Comandante, Vice-Almirante Edgar Luiz Siqueira Barbosa.

Em comemoração aos 30 anos de instalação
do Ministério Público do Estado do Amapá, autoridades foram agraciadas com a Medalha de Honra
para Autoridades do Segmento Econômico. Entre
elas, o Capitão dos Portos do Amapá, CF Kaysel
Costa Ribeiro

CFKaysel; Dra. Ivana Lúcia Franco Cei, ProcuradoraGeral de Justiça do Ministério Público do Amapá e General
de Brigada João RobertoAlbim GobertDamasceno,
Comandante da 22ª Brigada de Infantaria de Selva

Fonte: (CNF) (LOP) luizopinheiro@globo.com

Por (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios