Marinha do Brasil promove o 1º Simpósio Marítimo da ZOPACAS

1º Simpósio Marítimo da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS)

O Chefe do Estado-Maior da Armada (à direita) realizou a abertura do simpósio

A Marinha do Brasil promoveu, em 27 de outubro, o 1º Simpósio Marítimo da Zona de Paz e Cooperação do Atlântico Sul (ZOPACAS), que teve como propósito fomentar a cooperação marítima dos países da região do Atlântico Sul em relação à solução de problemas comuns e à criação de oportunidades e iniciativas que possam contribuir para o desenvolvimento regional.

Na abertura do evento, o Chefe do Estado-Maior da Armada (CEMA), Almirante de Esquadra Marcos Silva Rodrigues, destacou que somente com a cooperação internacional podem ser superados desafios como a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada; pirataria; desastres ambientais devido a derramamentos de óleo no mar; entre outros. “A ZOPACAS é o único fórum que congrega todos os Estados com litoral no Atlântico Sul, sendo um importante mecanismo internacional para debater e agir sobre tais temas”, completou. Na sequência, o Secretário-Geral das Relações Exteriores do Brasil, Embaixador Fernando Simas Magalhães, ressaltou a importância da ZOPACAS, criada pela ONU há 35 anos, para a promoção da cooperação entre os 24 EstadosMembros.

O simpósio contou com renomados palestrantes do Brasil, África do Sul, Angola, Argentina, Namíbia e Nigéria divididos em três blocos de assuntos: “Ameaças à estabilidade regional”, “Economia Azul” e “Cooperação Regional”. Participaram do evento, realizado na modalidade virtual, representantes dos demais países da ZOPACAS (África do Sul, Angola, Argentina, Benin, Cabo Verde, Camarões, Congo, Costa do Marfim, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Libéria, Namíbia, Nigéria, República Democrática do Congo, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Togo e Uruguai), Ministros de Estado, Comandantes de Força, Diplomatas, Oficiais-Generais, pesquisadores e acadêmicos.

Na parte da tarde, ocorreram os debates, moderados pelo Capitão de Mar e Guerra (RM1) Prof. Dr. William Moreira, professor do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval. O encerramento do simpósio foi realizado pelo CEMA, contando ainda com a participação do Diretor do Departamento de Nações Unidas (Itamaraty), Ministro Adriano Silva Pucci. Um dos resultados esperados do simpósio é o estabelecimento de um fórum regular de discussões e reflexões sobre os desafios e problemas comuns aos Estados-Membros da ZOPACAS.

Fonte: Marinha do Brasil

Por (LCN) @luiscelsonews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios