Acidente com o Veleiro Cisne Branco

O Navio-Veleiro Cisne Branco (U 20)

 

O Navio-Veleiro Cisne Branco (U 20), sofreu avarias em decorrência de uma colisão com a ponte peatonal, que liga Guayaquil a ilha Santay, no Equador.

Ainda não temos as informações sobre as circunstâncias que levaram o navio da Marinha do Brasil a colidir contra a estrutura da ponte bem como qual foi a extensão dos danos no navio.

O Cisne Branco chegou no dia 15/10 ao porto de Guayaquil, após participar das comemorações pelos 200 anos da Marinha de Guerra do Peru.

O NVe Cisne Branco se encontra realizando uma viagem pela América do Sul divulgando o evento “Velas Latino-américa 2022”, um evento náutico internacional que se iniciará em fevereiro de 2022 no Rio de Janeiro e faz parte das comemorações do Bicentenário da Independência do Brasil.

                   MARINHA DO BRASIL
CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA MARINHA
                   NOTA À IMPRENSA
Brasília-DF. Em 18 de outubro 20121

A Marinha do Brasil (MB) informa que hoje (18), às 15h (horário de Brasília), durante
manobra no Rio Guayas, em Guayaquil-Equador, o Navio-Veleiro Cisne Branco colidiu com uma
ponte, possivelmente devido ao efeito da correnteza. Um rebocador local, que apoiava o navio,
emborcou durante esse movimento. Não houve acidente de pessoal.
No momento, o NVe Cisne Branco encontra-se fundeado em segurança, aguardando
disponibilidade de cais para atracação em Guayaquil, onde serão avaliadas as condições de
material, mais detalhadamente.
A Marinha do Equador, bem como autoridades locais, vêm prestando total apoio ao nosso
Cisne Branco. A MB apura as causas e circunstâncias do acidente.

Contato:

Centro de Comunicação Social da Marinha
Telefone: (61) 3429-1831 / 9 9238-9790
Email: imprensa@marinha.mil.br

Por (LCN) @luiscelsonews

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios