CPAP- Participou do Círio Fluvial de Nossa Senhora de Nazaré 2021 no Amapá

Comando do 4° Distrito Naval

A Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Portos do Amapá, subordinada ao Comando
do 4º Distrito Naval, participou das comemorações do Círio Fluvial de Nossa Senhora de Nazaré
2021 no Amapá, neste sábado (09), quando foi realizada a Romaria Fluvial, que conduziu a imagem
peregrina de Nossa Senhora de Nazaré no Rio Amazonas, a partir da entrada do Igarapé da
Fortaleza, até as proximidades da ponte sobre o Rio Matapi.
A Romaria Fluvial contou com um total de 46 embarcações. A Marinha do Brasil foi a
principal responsável pela coordenação da Segurança do Tráfego Aquaviário, atuando com seis
embarcações da Capitania dos Portos do Amapá, e contando com o importante apoio do Corpo de
Bombeiros Militares (CBM/AP), com três embarcações; do Batalhão de Polícia Ambiental, com
uma embarcação; e da Companhia Docas de Santana (CDSA), com uma embarcação.
A Marinha já havia realizado a Operação Pré-Círio, com o propósito de assegurar a segurança
da navegação durante o período que antecedeu as festividades, em consequência do aumento do
tráfego de embarcações nesse período. Por meio de inscrição realizada na Capitania dos Portos, as
embarcações que participaram do Círio haviam sido rigorosamente inspecionadas por equipes de
inspeção naval.
A Marinha do Brasil reforça a necessidade da população participar ativamente nesse esforço
de fiscalização, não utilizando transporte fluvial irregular e informando qualquer situação que possa
afetar a segurança da navegação, a salvaguarda da vida humana no mar e vias navegáveis ou que
represente risco de poluição ao meio hídrico, por meio dos telefones: 185, (96) 3281-5480 e (96)
99112-1538.

Fonte: Seção de Comunicação Social da Capitania dos Portos do Amapá

Via (LCN) @luiscelsoborges

luiscelsoborges@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios