Governo permite o uso de termelétricas sem contrato de comercialização

Medida tem caráter excepcional, Espera aumentar oferta energética

País passa pela pior crise hídrica em 91 anos

Ministério de Minas e Energia publicou nesta 2ª feira (7.jun.2021) portaria para autorizar o uso de usinas termelétricas  sem contrato de comercialização vigente, mas disponíveis para o fornecimento de energia. Com a maior crise hídrica dos últimos 91 anos e os reservatórios quase vazios, o ministério espera que a medida aumente a oferta energética no Sistema Interligado Nacional (SIN).

Na 6ª feira (4.jun), o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) enviou nota técnica ao Ministério de Minas Energia e à ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento) e afirmou que os reservatórios de pelo menos 8 usinas hidrelétricas nas regiões Sudeste e Centro-Oeste podem estar praticamente vazios até o final de novembro.

Segundo a portaria, o acionamento das termelétricas  deve acontecer por período determinado, até o limite de 6 meses.

A ação está alinhada às medidas excepcionais em curso pelo setor elétrico brasileiro, de modo a garantir a segurança e continuidade do suprimento de energia elétrica no País ao longo de 2021, no contexto de predominância de baixos armazenamentos nos reservatórios das usinas hidrelétricas, resultado da escassez hídrica verificada nos últimos meses”, afirmou o Ministério de Minas e Energia por meio de nota.

As usinas sem contratos podem incluir custos fixos ao CVU (Custo Variável Unitário) de geração de energia e não estarão sujeitos à aplicação da multa por falha no fornecimento energético.

Fonte: PODER 360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios