Navio que opera no Pará não pode seguir viagem

Coluna Navegação em Foco, Jornal O Liberal

A embarcação que saiu de Vila do
Conde, com parada no dia 29 de maio,
em Macapá, terá que ficar fundeada em
Fazendinha, no estado do Amapá. O
destino é Porto Trombetas. O problema:
falta de ar condicionado.
O problema foi comunicado pela
Cooperativa de Apoio e Logística aos
Práticos da ZP1 (Unipilot) à Autoridade Marítima, e também ao Ministério
Público do Trabalho, já que a tripulação do navio precisa descansar para
não pôr em risco a segurança da navegação.
A viagem de Macapá a Trombetas leva cerca de 42 horas, período
em que dois práticos se revezam na
condução do navio em turnos de seis
horas, repousando em camarotes. A
tripulação no passadiço precisa executar os comandos de rumo e máquinas do prático.
– Em latitudes equatoriais, é impossível dormir ou descansar sem ar-condicionado no interior de uma estrutura metálica exposta ao sol o dia inteiro
– explica o presidente do Conselho Nacional de Praticagem (Conapra), prático
Ricardo Falcão, que trabalha na região.

Parabenizando a Autoridade Marítima
pela decisão de cumprir a Convenção
sobre Trabalho Marítimo e o Ministério
Público pelo apoio.
A norma internacional, ratificada pelo
Brasil em decreto presidencial, assegura
condições dignas de trabalho a bordo e
exige que os navios dispunham de aparelhos de ar-condicionado em perfeitas
condições de utilização.
A Capitania dos Portos no Amapá determinou que o navio HTC Delta fique
fundeado até o conserto do sistema de
ar-condicionado.

CFAOC PRESTA APOIO À PREFEITURA DE
MANAUS NA ESTRUTURAÇÃO DA PRIMEIRA FEIRA
FLUTUANTE DO BRASIL

A Capitania Fluvial da Amazônia Ocidental (CFAOC), subordinada ao Comando do 9º
Distrito Naval, prestou apoio
à Prefeitura de Manaus (AM)
na estruturação da 1ª Feira
Flutuante do Brasil, que está
abrigando os comerciantes
da Feira da Manaus Moderna, atingida pela cheia do Rio
Negro. A inauguração da feira
ocorreu no dia 19 de maio e
contou com a presença do Capitão dos Portos da Amazônia
Ocidental CMG Paulo Roberto
de Oliveira Ferreira Junior.
A nova estrutura tem capacidade para 212 feirantes e
288 consumidores. Manaus,
assim como várias cidades
da Amazônia, está vivendo a
segunda maior cheia desde
1902. No dia 21 de maio, o rio
atingiu a cota de 29,84 metros, 1,36 metros a mais em
relação ao mês anterior.
A CFAOC orientou a Prefeitura na reclassificação da
balsa, que serve de base para
o empreendimento, para que
fossem cumpridos os requisitos de segurança expressos
na Lei de Segurança do Tráfego Aquaviário (LESTA) e nas
Normas da Autoridade Marítima (NORMAM)

MARES E RIOS

O presidente da Amport, Flávio
Acatauassú, velejou bonito na praia do
Caripi, em Barcarena, no fim de semana. Acatauassú participou da 1º Etapa
do Campeonato Paraense Classe Laser,
categoria Master. Após a disputa de
quatro regatas contra Marcos Mendes e
Marcos Campos, ficou em 2º lugar geral.
Ao todo, 21 atletas competiram no evento realizado pela Caripi Associação Eco
Esportiva de Vela e Canoagem (CAECO).
Parabéns!
A Presidente do TRE Pará, Desembargadora Luzia Nadja Guimarães Nascimento, segue dialogando com as Forças
Armadas sobre as Eleições de 2022. Na
última sexta-feira, foi recebida pelo Comandante do 4º Distrito Naval, o Vice
Almirante Valter Citavicius Filho.
O CIABA está mais conectado com
a sociedade. O Grupo de Atendimento ao
Público (GAP) pode, agora, se comunicar
com o cidadão através de aplicativos como WhatsApp, Telegrama e Signal, e obter informações sobre os serviços oferecidos pelo Centro de Instrução. Basta salvar
na agenda o número (91) 99253-7066.
A Diretora do Hospital Naval de Belém (HNBe), CMG (Médica) Mônica Medeiros Luna, foi agraciada com a Medalha
Exército Brasileiro. A honraria é um reconhecimento ao trabalho realizado durante a pandemia do novo Coronavírus.
O evento ocorreu no próprio HGeBe. A
Dra. Luna também vai receber, no 11 de
Junho, a Medalha do Mérito Naval.
No primeiro dia de campanha interna, a Companhia das Docas do Pará
(CDP) vacinou contra a Covid-19 mais de
150 colaboradores com a primeira dose
da AstraZeneca/Oxford . A vacinação
iniciou pelo Edifício Sede e complexos
portuários de Belém (Porto de Belém e
terminais de Miramar e Outeiro). A ação
está sendo realizada em parceria com o
Governo Federal e o Ministério da Saúde.
O saldo da balança comercial brasileira, em 2020, apresentou um superávit
de US $50.9 bilhões, um crescimento de
7% em relação a 2019. O Estado do Pará
fechou 2020 com um saldo positivo de
US $19.3 bilhões, mantendo assim como no ano anterior o primeiro lugar no
ranking Nacional em saldo na balança, à
frente dos outros Estados.
Encerramos parabenizando o professor Dr. João Elias Vidueira, do Instituto Federal do Pará (IFPA), que lançou o
livro “Manual de Imagens para Deficientes”, na Universidade de São Paulo (USP).
O Dr. Vidueira tem pós-doutoramento
em Educação Inclusiva na The University
of Queensland, na Austrália, e vem contribuindo para que pessoas com deficiência visual tenham igualdade de acesso
ao conhecimento.

luizopinheiro@globo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios