PRATICAGEM DA BARRA DO PARÁ E SUA HISTÓRIA

Em 1616, a cidade de Santa Maria de Belém do Grão Pará começava a receber as caravelas comandadas por Francisco Caldeira Castelo Branco com o objetivo de conter a invasão estrangeira na região. O terreno elevado da cidade foi fundamental para que fosse construída uma base que protegesse a Amazônia. Por ter deixado a cidade do Maranhão na época do Natal, Castelo Branco resolveu chamar a localidade de Belém. Posteriormente, o local onde os exploradores montaram acampamento, seria erguido o forte do Castelo o qual ajudou a defender a terra dos invasores. Por conhecerem bastante a região, os índios nativos foram muito utilizados para guiarem a navegação pelos canais profundos a fim de evitar encalhes. Muitos historiadores consideravam esses índios como os “primeiros práticos” da Amazônia. Essa tarefa ficou conhecida como Praticagem da Barra. De lá surgiram as ruas da cidade, como a rua do norte – hoje Siqueira Mendes (bairro Cidade Velha) -, a primeira rua de Belém, e onde está localizada a Sede da Praticagem da Barra do Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios